Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Cinco motivos pelos quais o WhatsApp pode bloquear sua conta

Aplicativo suspende de forma temporária ou definitiva os usuários com comportamentos inaceitáveis

WhatsApp
Os bloqueios temporários no WhatsApp costumam durar 24 horas, mas, se a suspensão for permanente, a conta desaparecerá para sempre depois três dias.

O WhatsApp pode suspender contas de usuários sem aviso prévio. Esses bloqueios são a resposta a comportamentos que violam os termos de serviço da companhia e, especificamente, do capítulo “Uso aceitável dos nossos serviços”, disponível de forma detalhada em seu site.

Nesses casos, o usuário verá em sua tela a seguinte mensagem: "Seu número de telefone não está autorizado a usar nosso serviço. Entre em contato com o suporte para obter ajuda”. Se a pessoa que foi bloqueada considera que a suspensão se deve a um erro, pode escrever um e-mail a support@WhatsApp.com para que seu caso seja revisto, mas se a companhia reafirmar a decisão a conta é apagada para sempre em um prazo de três dias.

Entretanto, para o WhatsApp existem outras ações inapropriadas mais leves que, embora não acarretem o bloqueio definitivo dos usuários, merecem uma sanção em forma de “suspensão temporária”. Nessas ocasiões, a empresa mostra um aviso informando do período concreto durante o qual não será possível usar o aplicativo. Passado esse tempo, que costuma ser em torno de 24 horas, o usuário poderá voltar a acessar o seu perfil e suas conversas.

A empresa não dá detalhes sobre a sua política de suspensões definitivas e temporárias, e tampouco fornece dados sobre o número de usuários bloqueados nem quantos deles recorrem das punições. Mas o que o WhatsApp divulga são exemplos de algumas ações que podem derivar em uma suspensão temporária, entre as quais se encontram as seguintes:

1. Se um usuário enviar “muitas mensagens” (o WhatsApp não quis especificar qual é o limite) para pessoas que não têm o número do remetente guardado em sua lista de contatos. Para evitar uma suspensão por esta razão, a companhia recomenda aos usuários que comprovem se os seus contatos salvaram seu número atual.

2. Se “muitos usuários” tiverem bloqueado um mesmo remetente em um “curto intervalo”, esse perfil também poderá ser temporariamente suspenso. Novamente, o WhatsApp não quis especificar a partir de quantos bloqueios, e em qual período, considera-se haver um uso inapropriado do serviço. A recomendação da empresa é apenas se comunicar pelo aplicativo com usuários conhecidos que desejem receber suas mensagens.

3. Se alguém criar “muitos grupos” que incluam usuários que não têm o número do perfil criador na sua lista de contatos, esse remetente também pode ser alvo de uma suspensão temporária. Os responsáveis pelo aplicativo tampouco especificam as condições dessa regra, e voltam a recomendar as comunicações apenas com usuários conhecidos, que tenham acrescentando nosso número de telefone à sua agenda.

A suspensão temporária pode ocorrer quando um usuário cria muitos grupos com perfis que não têm o seu número em suas respectivas listas de contatos

4. O envio de uma mesma mensagem a “muitas pessoas” também pode resultar na suspensão temporária da conta do WhatsApp do emissor dessas comunicações. Uma vez mais, a companhia não especifica qual é o limite de contatos aos quais se pode enviar uma mesma mensagem sem correr esse risco, mas para evitá-lo recomenda que nestas situações se faça uso das listas de transmissão.

5. Finalmente, o WhatsApp acrescenta uma razão mais genérica que pode causar bloqueios temporários: se a própria companhia “suspeitar” que o usuário violou seus Termos de Serviço.

Em todo caso, assim como ocorre com os bloqueios permanentes, o usuário pode escrever para support@WhatsApp.com se considerar que a suspensão temporária de sua conta se deve a um erro, ou se precisar de mais informações sobre esta decisão do WhatsApp.

MAIS INFORMAÇÕES