Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

10 aplicativos que devoram os recursos do celular mesmo sem serem usados

Quatro deles são do Facebook e agem como ‘parasitas’, porque consomem bateria, memória e dados em segundo plano

Snapchat, Spotify e Wattpad encabeçam o ranking dos aplicativos que mais recursos devoram quando são usados. Mas outros programas nem sequer precisam ser iniciadas pelos usuários para consumirem a bateria, a memória e a tarifa de dados de smartphones e tablets. Basta tê-los instalados para que sejam executados automaticamente cada vez que o aparelho é ligado e continuem funcionando em segundo plano. Fazem isso para averiguar se há alguma atualização ou notificações a apresentar.

Depois de analisarem os dados de mais de três milhões de aparelhos Android em todo o mundo, entre julho e setembro de 2016, a Avast Software divulgou a lista dos aplicativos que mais recursos consomem em segundo plano. Eis o ranking dos dez mais vorazes, no qual os quatro primeiros pertencem ao Facebook.

1. Facebook

Em dezembro de 2016, a média de usuários ativos do Facebook em celulares foi de 1,15 bilhão por dia. Pois bem, para que a rede social por excelência consuma bateria, memória e dados do telefone e do tablet não é sequer necessário que esses usuários a acessem conscientemente, já que seu próprio aplicativo realiza automaticamente comprovações em segundo plano em busca de novidades que depois envia no formato de notificações.

2. musical.ly

Uma das redes de maior crescimento entre os adolescentes em 2016 foi a musica.ly cujo aplicativo permite a gravação de vídeo com playbacks de 15 segundos. Se for utilizado ativamente, o aplicativo pode esgotar completamente a bateria de um Samsung Galaxy S6 com 100% de carga em somente duas horas, de acordo com a Avast Software. Mas, além disso, seu consumo em segundo plano lhe dá a medalha de prata da classificação, especialmente pelos dados que ocupa no cachê do dispositivo.

3. Google Maps

No final de 2015 o Google Maps recebeu uma das funções mais pedidas por seus usuários: a possibilidade de ser utilizado sem conexão. Isso fez com que muitos vissem a redução do consumo dos recursos de seus celulares, especialmente no que se refere à tarifa de dados. Mas, mesmo sem ser utilizado, o aplicativo precisa se alimentar a cada determinado período em segundo plano, até chegar à terceira colocação entre os aplicativos que mais devoram recursos do celular simplesmente por ligá-lo.

4. WhatsCall

Da mesma foram que o o musical.ly, é a primeira vez que o WhatsCall aparece entre o top ten da Avast Software. É um serviço que permite a realização de ligações grátis a telefones fixos e celulares em troca de ações como ver anúncios, convidar outros usuários e baixar outros aplicativos. Mas, além disso, o usuário deve pagar com bateria, memória e dados de seu dispositivo até mesmo quando não o está utilizando.

5. 'Daily Mail' Online

O aplicativo do jornal britânico Daily Mail é o quinto que mais devora os recursos dos celulares e tablets sem nos darmos conta, sobretudo pela memória que consome para realizar funções de atualização em segundo plano.

6. Instagram

 Segunda menção no ranking de um aplicativo propriedade da empresa de Mark Zuckerberg. A rede social que nasceu para retocar e compartilhar imagens de celulares foi comprada pelo Facebook em 2012 por 765 milhões de euros (2,6 bilhões de reais).

7. ynet

As notificações são a principal causa da voracidade do aplicativo de celular desse serviço de notícias que é propriedade do Yedioth Ahronoth, o jornal israelense de maior circulação.

8. BBM

O BBM, o aplicativo de mensagens instantâneas da Blackberry que a empresa coloca à disposição de usuários de dispositivos Android e iOS, é um dos clássicos do ranking. De acordo com a Avast Software, o principal efeito colateral do aplicativo é seu elevado consumo de bateria.

9. Facebook Pages Manager

A terceira menção do Facebook na lista é para sua ferramenta para administrar todo o conteúdo de uma página oficial da rede social. Muito útil para proprietários e administradores das páginas, mas ao custo da cessão de recursos do celular, especialmente espaço de armazenamento.

10. Facebook Messenger

Outro dos serviços do Facebook fecha a lista: seu aplicativo de mensagens instantâneas. Os recursos que o Messenger consome em segundo plano aumentaram desde que entre suas funções foi incluída a possibilidade de interação com bots.

MAIS INFORMAÇÕES