Seleccione Edição
Login

Funcionário venezuelano aos comerciantes de Caracas: “Baixem os preços!”

Regulador de preços do Governo visita estabelecimentos em Caracas exigindo que não aumentem os preços

William Contreras, o superintendente Nacional para a Defesa dos Direitos Socioeconômicos, é o funcionário encarregado de vigiar com sua equipe a manutenção das margens máximas de lucro decretadas pelo Executivo há três anos e os controles de preços. Na segunda-feira, vestido com a camisa vermelha que identifica os partidários do Governo chavista, visitou vários locais do centro de Caracas para exigir que os comerciantes baixassem os preços, segundo se pode ver no vídeo da NTN 24.

O salto na cotação do dólar no mercado negro no último mês (a moeda venezuelana se desvalorizou 58% em um mês), o verdadeiro marcador na hora de estabelecer os custos de reposição, fez com que muitos comerciantes locais elevassem o valor dos bens para se protegerem. A todos eles o superintendente Contreras chamou de “vigaristas midiáticos”. A frase não caiu nada bem entre os comerciantes que resistem a um entorno inflacionário e com muitas restrições para importar mercadorias.

Seus modos se inscrevem na estratégia do Governo da Venezuela, que tenta aplacar a lógica do mercado. “O que vocês estão esperando para baixar os preços aqui?”, pergunta, enquanto se aproxima de uma vendedora. Depois de escutar a explicação, dá uma ordem: “Não se ponham a fazer contas. É preciso baixar os preços!”, insiste. Na segunda-feira disse que tomará medidas legais conta os comerciantes que elevarem os preços sem autorização.

MAIS INFORMAÇÕES