Campeonato Brasileiro

Rogério Ceni é anunciado pelo São Paulo como treinador por dois anos

Um ano após sua aposentadoria, ídolo foi anunciado pelo clube por duas temporadas

Rogério Ceni, o novo treinador do Tricolor.
Rogério Ceni, o novo treinador do Tricolor.Igor Amorim (São Paulo FC)

Rogério Ceni, ídolo do São Paulo, está de volta ao clube um ano após sua aposentadoria. Desta vez, porém, a função será a de treinador da equipe tricolor, que demitiu Ricardo Gomes do comando da comissão técnica nessa semana. O anúncio do retorno do ex-goleiro foi divulgado na tarde desta quinta-feira (24), no site oficial do time do Morumbi. Ceni assume o cargo ao início da próxima temporada, tendo seu vínculo findado no fim de 2018.

Poucas horas antes, em seu perfil do Twitter, o Tricolor postou um vídeo de chamada para a chegada de Rogério. Na ação, o Santo Paulo, mascote da equipe, aparece de quadriciclo no estádio do Morumbi, colando um papel com o número 01, assim como vestia o ex-goleiro em sua camisa, no banco da comissão técnica e na cadeira da sala de imprensa do estádio; o tema do vídeo foi Hells Bells, da banda australiana AC/DC. Um clássico do rock, gênero musical favorito do antigo capitão são-paulino.

Após deixar a carreira de jogador ao fim do ano passado, em dezembro, o goleiro que mais gols marcou na história do futebol (129) se dedicou aos estudos do esporte: participou da comissão técnica como auxiliar de Dunga na seleção brasileira na Copa América Centenário, realizada no último mês de junho, nos Estados Unidos, e, entre agosto e setembro, fez o curso para a formação de treinadores da FA, a federação de futebol da Inglaterra.

Rogério Ceni encontrará um São Paulo que, em 2016, fez campanhas medianas no Campeonato Paulista - foi eliminado nas quarta de final pelo Grêmio Osasco Audax - e no Brasileirão, no qual ainda briga por vaga na Copa Sul-Americana. A campanha de destaque da temporada foi na Libertadores, na qual a equipe chegou às semifinais, caindo diante do Atlético Nacional (COL), que se sagrou campeão. Rogério substituirá Ricardo Gomes, que, após seis vitórias, cinco empates e sete derrotas em 18 jogos da última passagem, foi demitido do cargo.