TERREMOTOS

Terremoto de 7,4 graus de magnitude atinge Nova Zelândia

Um tsunami de 2 metros foi registrado após o tremor, ao qual se seguiram vários abalos

Pessoas na rua após serem evacuadas na cidade de Wellington por causa do terremoto de 7,4 graus registrado na Nova Zelândia.ROSS SETFORD (REUTERS) / EL PAÍS VÍDEO
Agências

Um terremoto com uma magnitude de 7,4 graus atingiu a Nova Zelândia neste domingo. O epicentro do sismo está a 91 quilômetros a nordeste da cidade de Christchurch e foi sentido minutos depois da meia-noite (9h em Brasília), segundo informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos. As autoridades confirmaram que foi registrado um tsunami de dois metros após o tremor, ao qual se seguiram vários abalos. A Defesa Civil pediu um tempo para poder fazer uma avaliação dos danos e das possíveis vítimas.

A possibilidade de que haver um tsunami foi alertada pelo organismo que administra as emergências na Nova Zelândia, em um comunicado informativo. Segundo seus dados, a primeira onda do maremoto, que continuaria durante várias horas, poderia não ser a mais significativa.

O Governo da Nova Zelândia informou pelo site GeoNet que o sismo foi “amplamente sentido” em todo o país, e advertiu aos cidadãos que se mantivessem atentos aos abalos posteriores. As autoridades recomendaram aos habitantes da costa leste do país que se desloquem “para áreas elevadas ou para terra adentro o mais distante possível”, após o início do tsunami.

Tamsin Edensor, mãe de dois filhos e moradora de Christchurch, disse que o tremor durou um “longo” tempo. “Estávamos dormindo e o tremor da casa nos despertou, e continuou indo e voltando”, disse ela à AFP. A testemunha acrescentou que não havia sinais de danos em sua rua e que contavam com o fornecimento de eletricidade. “Estamos sentindo os abalos posteriores. Vamos nos abastecer com água, por prevenção”.

Mais informações

O serviço de Defesa Civil da Nova Zelândia pediu um tempo antes de emitir sua primeira avaliação de danos materiais e vítimas após o terremoto registrado nesta manhã perto de Christchurch, e que foi seguido de vários pequenos tremores sem que até o momento se saiba sobre vítimas ou danos materiais significativos.

Em sua página no Facebook, o departamento mantém suas recomendações de alerta para o tsunami que está atingindo parte da South Island, onde impera uma ordem de evacuação. Todos os residentes da costa leste “devem subir para um local elevado ou avançar para o interior do país o quanto antes”.

“É possível que a primeira onda não seja a maior, e que a atividade de tsunami continue durante várias horas”, alertou a instituição.

A Nova Zelândia se situa na falha entre as placas tectônicas do Pacífico e da Oceania, e registra 14.000 terremotos por cano, dos quais de 100 a 150 têm força suficiente para serem percebidos.

Christchurch é a maior cidade da South Island. Um terremoto de 6,3 graus atingiu o país em fevereiro de 2011, provocando 185 mortes e causando danos materiais generalizados.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50