Marcia Malsar, o exemplo dos Jogos Paralímpicos

Brasileira caiu na cerimônia de abertura, mas se levantou, pegou a tocha e seguiu seu percurso

A atleta brasileira Marcia Malsar na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos.
Mais informações

A atleta brasileira Marcia Malsar se tornou a primeira protagonista e um exemplo de superação, essência dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Malsar tropeçou e caiu enquanto caminhava com a chama olímpica durante a cerimônia de abertura nesta quarta-feira. A esportista, que caminhava apoiada em um bastão, levantou-se e continuou o percurso.

A brasileira caminhou por alguns segundos e perdeu o equilíbrio, mas não demorou a se levantar e retomar a chama olímpica com a ajuda dos organizadores. O estádio do Maracanã se levantou com ela e aplaudiu sua ação exemplar.

As mensagens de apoio a Malsar se multiplicaram no Twitter depois que o vídeo da esportista foi divulgado na conta Paralympic Games. Os usuários a qualificaram de “heroína” e protagonista de um dos momentos mais tocantes da Paralimpíada.

Malsar foi a primeira atleta brasileira a ganhar um ouro nos Jogos de 1984.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: