Marcia Malsar, o exemplo dos Jogos Paralímpicos

Brasileira caiu na cerimônia de abertura, mas se levantou, pegou a tocha e seguiu seu percurso

A atleta brasileira Marcia Malsar na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos.

A atleta brasileira Marcia Malsar se tornou a primeira protagonista e um exemplo de superação, essência dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Malsar tropeçou e caiu enquanto caminhava com a chama olímpica durante a cerimônia de abertura nesta quarta-feira. A esportista, que caminhava apoiada em um bastão, levantou-se e continuou o percurso.

A brasileira caminhou por alguns segundos e perdeu o equilíbrio, mas não demorou a se levantar e retomar a chama olímpica com a ajuda dos organizadores. O estádio do Maracanã se levantou com ela e aplaudiu sua ação exemplar.

As mensagens de apoio a Malsar se multiplicaram no Twitter depois que o vídeo da esportista foi divulgado na conta Paralympic Games. Os usuários a qualificaram de “heroína” e protagonista de um dos momentos mais tocantes da Paralimpíada.

Malsar foi a primeira atleta brasileira a ganhar um ouro nos Jogos de 1984.

MAIS INFORMAÇÕES