Jogos Olímpicos 2016

Integrantes da equipe espanhola de vela são assaltados por ladrões armados no Rio

Os atletas, que saíram ilesos, estão na cidade olímpica para os treinamentos prévios aos Jogos Olímpicos de agosto

Fernando Echávarri com a medalha de ouro nos Jogos de Pequim.
Fernando Echávarri com a medalha de ouro nos Jogos de Pequim.DON EMMERT (AFP)

MAIS INFORMAÇÕES

O campeão olímpico de vela Fernando Echávarri, a campeã mundial e da Europa Tara Pacheco e seu técnico, o também campeão mundial Santi López-Vázquez, foram assaltados nesta sexta num bairro turístico do Rio de Janeiro.

Os integrantes da equipe espanhola da classe Nacra 17, que estão na cidade em treinamento para os Jogos Olímpicos de agosto, foram abordados por um grupo de jovens armados no bairro boêmio de Santa Teresa, local que, apesar de não ficar muito próximo das praias mais famosas da cidade, está entre os destinos favoritos dos turistas devido a seus casarões antigos e a seus vários bares e restaurantes. Ameaçados com pelo menos duas armas de fogo, os esportistas entregaram todos seus pertences e saíram ilesos. A Polícia Civil informou que os ladrões levaram uma bolsa, dinheiro, uma câmera fotográfica e os documentos do grupo.

“Eram cinco menores com dois revólveres. De mim roubaram todo o material de trabalho que levava no momento. Foi uma experiência muito desagradável”, disse à agência EFE o treinador.

A menos de três meses dos Jogos Olímpicos, o Rio de Janeiro passa por uma crise de segurança provocada, em parte, pela redução da presença policial devido aos problemas econômicos. O Estado do Rio está em dificuldade pra pagar seus funcionários, incluindo os policiais, que reduziram suas horas extras depois de sofrer atrasos e falta de pagamento em seus salários. Segundo informações do Instituto de Segurança Pública, que compila estatísticas de violência no Estado, houve alta dos homicídios e dos roubos, entre outros crimes, de janeiro a abril deste ano, em relação a 2015.

Os roubos nas ruas, especificamente, cresceram nesse período quase 24%, com o registro de 38.461 denúncias desse tipo, contra 31.083 nos quatro primeiros meses de 2015.

Não é a primeira vez que atletas olímpicos são assaltados no Rio. Em dezembro de 2014, Hannah Mills e Saskias Clark, da equipe britânica de vela, foram ameaçadas com facas e roubadas quando voltavam de um treino no Parque do Flamengo, área verde de lazer às margens da Baía de Guanabara, palco das competições olímpicas de vela.

Arquivado Em: