Seleccione Edição
Login

Favelas que caminham para a sustentabilidade

Vila Nova Esperança é uma das 1643 favelas da cidade de São Paulo e tem um objetivo claro: viver na base da sustentabilidade

  • “Vila Nova Esperança, unidos pela sustentabilidade” é a decoração em uma casa da favela, uma das 1.643 da cidade brasileira de São Paulo. Desde a chegada de Lia, é um dos lemas da comunidade.
    1“Vila Nova Esperança, unidos pela sustentabilidade” é a decoração em uma casa da favela, uma das 1.643 da cidade brasileira de São Paulo. Desde a chegada de Lia, é um dos lemas da comunidade.
  • Lucas e Lia trabalham juntos com meninos da Vila para definir um campo de futebol nas áreas comuns da favela.
    2Lucas e Lia trabalham juntos com meninos da Vila para definir um campo de futebol nas áreas comuns da favela.
  • Lia, líder da Vila Nova Esperança, conseguiu que a comunidade passasse do abandono absoluto ao reconhecimento político e social.
    3Lia, líder da Vila Nova Esperança, conseguiu que a comunidade passasse do abandono absoluto ao reconhecimento político e social.
  • Levy brinca na horta urbana da Vila Nova Esperança. Com apenas quatro anos, pratica o que Lia defende: “Se nos ensinarem, podemos conviver com a natureza”
    4Levy brinca na horta urbana da Vila Nova Esperança. Com apenas quatro anos, pratica o que Lia defende: “Se nos ensinarem, podemos conviver com a natureza”
  • Lia, na frente da sede da Associação da Vila Nova Esperança, fala com os voluntários que chegam à comunidade para colaborar. Lucas escuta atentamente seu discurso da porta.
    5Lia, na frente da sede da Associação da Vila Nova Esperança, fala com os voluntários que chegam à comunidade para colaborar. Lucas escuta atentamente seu discurso da porta.
  • As crianças da comunidade brincam nas ruas sem asfalto da favela.
    6As crianças da comunidade brincam nas ruas sem asfalto da favela.
  • Um menino espera seus amigos na frente do parque infantil da Vila Nova Esperança.
    7Um menino espera seus amigos na frente do parque infantil da Vila Nova Esperança.
  • Vaninha, moradora da Vila Nova Esperança, caminha entre as ruas da favela para chegar até sua casa.
    8Vaninha, moradora da Vila Nova Esperança, caminha entre as ruas da favela para chegar até sua casa.
  • Vitória mostra seu projeto mais recente no centro de inovação. Vai lá todas as manhãs para construir ferramentas úteis a partir de seu próprio conhecimento.
    9Vitória mostra seu projeto mais recente no centro de inovação. Vai lá todas as manhãs para construir ferramentas úteis a partir de seu próprio conhecimento.
  • As crianças da comunidade brincam enquanto esperam o ônibus escolar, o único que chega até a Vila Nova Esperança.
    10As crianças da comunidade brincam enquanto esperam o ônibus escolar, o único que chega até a Vila Nova Esperança.
  • Moradores e voluntários distribuem suas tarefas em um mutirão, para colocar latas de lixo em todas as ruas da comunidade.
    11Moradores e voluntários distribuem suas tarefas em um mutirão, para colocar latas de lixo em todas as ruas da comunidade.
  • Tempei, orientador do centro de inovação da favela, apoia os projetos de tecnologia social que crianças, adolescentes e adultos desenvolvem neste espaço comunitário.
    12Tempei, orientador do centro de inovação da favela, apoia os projetos de tecnologia social que crianças, adolescentes e adultos desenvolvem neste espaço comunitário.
  • Lucas, Janaína e o senhor Inácio explicam a um dos meninos da Vila Nova Esperança as tarefas pendentes da horta comunitária.
    13Lucas, Janaína e o senhor Inácio explicam a um dos meninos da Vila Nova Esperança as tarefas pendentes da horta comunitária.
  • Robson ensina a suas companheiras o funcionamento dos instrumentos da fábrica de óculos da Vila Nova Esperança.
    14Robson ensina a suas companheiras o funcionamento dos instrumentos da fábrica de óculos da Vila Nova Esperança.
  • Duas meninas caminham perto da horta comunitária da Vila Nova Esperança.
    15Duas meninas caminham perto da horta comunitária da Vila Nova Esperança.