‘Sports Illustrated’

Cabelos brancos e tamanhos grandes na ‘Sports Illustrated’

Edição de trajes de banho da revista segue tendência com modelos diferentes da estética habitual

Imagens da campanha.

MAIS INFORMAÇÕES

O que começou como um truque para vender revistas na baixa temporada esportiva acabou se transformando em um dos acontecimentos de maior repercussão no mundo da moda. Todo mês de fevereiro, a revista Sports Illustrated publica seu número de trajes de banho, o que implica em uma capa de modelo vestida com maiô ou biquíni e páginas interiores dedicadas a mulheres deslumbrantes posando em paisagens exóticas. Essa capa funciona como uma forma de se revelar tops e é uma das mais cobiçadas da indústria. Algumas das modelos mais bem pagas, como Elle McPherson, Heidi Klum e a espanhola Judit Mascó, se beneficiaram da considerável subida profissional que implica aparecer em sua primeira página.

O número é composto exclusivamente de mulheres jovens, magras e com um físico que acompanha a regra do momento. Em seus 52 anos de história as premissas quase não mudaram. Até 2007 nenhuma mulher que não fosse modelo profissional havia sido capa, e a honra de ser a primeira coube a Beyoncé. Não se pode dizer que arriscaram muito. Mas agora parece que a revista percebeu que é preciso mudar para continuar sendo relevante, e nas páginas de seu próximo número aparecem uma modelo de tamanho grande e outra de 56 anos de idade.

A Sports Illustrated escolheu a modelo Ashley Graham, de tamanho 44, como uma das protagonistas da edição de trajes de banho 2016. É a segunda modelo que sai do clássico 90-60-90 que aparece na publicação, a primeira foi Robyn Lawley, de tamanho 40, fotografada para o número do ano passado. Graham é ativista para promover uma imagem corporal positiva e apoia a campanha Plus is Equal nos Estados Unidos, que busca uma maior representação das mulheres com curva na moda, que constituem 67% da população feminina norte-americana. Graham, de 28 anos, na sua conta do Instagram (com um milhão de seguidores) agradeceu a todos que “defenderam as curvas” e pediu aos seus seguidores que votem nela para ser eleita a Rookie do ano, termo que em inglês se refere ao novo membro de uma equipe e é utilizado para indicar as estreantes em cada edição.

Graham duplica sua presença na revista graças a uma campanha da marca de trajes de banho Swimsuits for All, especializada em modelos a partir do tamanho 40. A publicação também mostra Nicola Griffin, de 56 anos. Vestida com um duas peças dourado, essa modelo de cabelos brancos se transformou na mulher mais velha a ser fotografada de biquíni na edição de trajes de banho.

Nos últimos meses vimos como símbolos da beleza estereotípica se abriram a uma versão mais diversificada. A boneca Barbie abandonou um modelo de físico irreal, e o mais recente calendário Pirelli incensava a mulher com personalidade e poder, independentemente de sua idade e físico. As fotografias de Annie Leibovitz do almanaque de 2016 retratam produtoras de cinema, esportista e artistas como Patti Smith, de 68 anos, e Yoko Ono, de 82.