TENTATIVA DE DUPLO HOMICÍDIO

Morre bebê de brasileira lançado pela janela por agressor na Espanha

Criança, de 17 meses, chegou a ser internada em hospital, mas não resistiu. Mãe acusa espanhol de abuso

Uma equipe da Polícia Basca recolhe provas.ATLAS

Alicia, a menina de 17 meses, filha de uma brasileira, que foi jogada do primeiro andar de um prédio na Espanha morreu no Hospital de Cruces, em Bilbao, na tarde desta terça-feira. A criança apresentava traumatismo craniano, hipertensão intercraniana e politraumatismos. A mãe, uma brasileira de 18 anos, foi agredida pelo mesmo homem que lançou a menina e permanece estável no mesmo hospital.

Um homem de 30 anos, nascido em Sevilla e professor de saxofone no Conservatório de Vitória, foi detido às quatro da manhã de segunda-feira, quando os moradores alertaram a polícia sobre os gritos e golpes em um apartamento da rua Libertad, de Vitória. Quando a polícia chegou ao local dos fatos se deparou com a pequena na calçada, junto à entrada, em meio de uma poça de sangue.  A polícia acusa o homem de dupla tentativa de homicídio.O suspeito permanece em observação na unidade de Psiquiatria do Hospital Santiago.

Segundo fontes da investigação, o detido havia conhecido a mãe da menina nessa mesma noite e ambos subiram ao quarto de um apartamento compartilhado para passarem a noite juntos. Foram até o quarto e, quando a mãe acordou, comprovou que nem o professor nem a menina estavam no cômodo. Procurou em outro aposento do apartamento e viu o homem tocando a criança, por isso começou a gritar. Foi então que ele supostamente atirou a menina pela janela do primeiro andar e espetou um vidro no pescoço da mãe.

“Pensei que o que tinha caído era um boneco, um boneco”, afirmou uma das vizinhas que chamou a polícia. “Mas eles continuavam discutindo com gritos horríveis e golpes”, relatou. A residência está localizada na altura do número 14 da rua Libertad. A menina foi arremessada por uma janela que estava fechada. O corpo dela quebrou o vidro.

Arquivado Em: