Seleccione Edição
Login

Rio-2016 corta gastos, mas não sabe quanto irá economizar

Serão 20.000 voluntários a menos na Olimpíada, com vagas reduzidas de 70 para 50.000

Jogos do Rio terão 20 mil voluntários a menos.
Jogos do Rio terão 20 mil voluntários a menos. AP

Serão 20.000 voluntários a menos nos Jogos Rio-2016: as vagas passaram de 70.000 para 50.000. Autoridades e integrantes das equipes olímpicas poderão utilizar 4.000 veículos para transporte durante a Olimpíada, 1.000 a menos do que o número inicialmente previsto. A arquibancada móvel que seria construída na Lagoa Rodrigo de Freitas também não existirá mais. Além dela, todas as outras estruturas temporárias sofreram alterações e serão mais simples. Essas e outras medidas foram anunciadas nesta terça-feira pelo Comitê Olímpico como “cortes de gastos para equilibrar o orçamento”. Mas de quanto será esta economia? Ninguém sabe informar se será suficiente para chegar ao anunciado de 10% do total dos gastos ou 666 milhões de reais, previsto desde outubro do ano passado.

"Nosso orçamento agora está equilibrado e vai até o fim. É praticamente o mesmo do início, trabalhamos com 7,4 bilhões de reais”, disse Mario Andrada, diretor de comunicação do Comitê Rio 2016. “Difícil falar de quanto é o corte de gastos. Vai de acordo com as necessidades e a variação cambial, o preço do dólar.” O comitê diz que a ideia é evitar que o Governo tenha de bancar um possível déficit na organização dos Jogos e por isso passaram o último mês negociando os cortes com federações esportivas do mundo inteiro. “Nossa intenção é não utilizar recursos públicos. Se houver algum aumento, vamos buscar uma nova fonte de receitas”, explica Andrada.

Questionado sobre qual seria a economia pelo menos com o corte de 20.000 voluntários, o dirigente disse que ainda não é possível chegar a um valor preciso. “Teria que ver o custo individual do uniforme de um voluntário, alimentação, transporte. Mas podemos dizer que é muito mais barato treinar 50.000 do que 70.000 pessoas, por exemplo”. Certo mesmo é que esse será o último ajuste antes das Olimpíadas. “Foi um corte eficiente”, garantiu o diretor do comitê. Não é uma declaração verificável: a verba do comitê é privada e não deve ser aberta para o escrutínio público. Ainda assim, se a conta estourar, a lei prevê que quem assume o rombo é o Governo federal.

Distribuição de gastos e despesas do Comitê Rio-2016.
Distribuição de gastos e despesas do Comitê Rio-2016.

Zika vírus e microcefalia

Outro anúncio importante diz respeito à prevenção do zika vírus, que provoca temores entre as grávidas do país e é motivo de preocupação para o Governo Dilma Rousseff e para os departamentos de saúde de outros países. Tanto é que na sexta-feira os EUA recomendaram que gestantes não venham para o Brasil. O comitê organizador já realiza checagens periódicas e intensificará o acompanhamento das instalações olímpicas nos próximos meses. O fato de os Jogos serem disputados no inverno, época de menos chuvas e temperaturas mais baixas, segundo o Comitê, também conta a favor do combate à proliferação da doença, transmitida pelo mosquito aedes aegypti.

MAIS INFORMAÇÕES