Volta do Guns N' Roses

Guns N' Roses volta aos palcos com a formação original

Axl Rose, Slash, Duff McKagan e Izzy Stradlin se reunirão no festival Coachella após 22 anos separados

Guns n' roses em uma foto promocional.
Guns n' roses em uma foto promocional.

MAIS INFORMAÇÕES

A Billboard também abre a porta a uma possível turnê. A revista conta que o grupo se encontra em negociações para 20 shows nos EUA, o primeiro deles na Las Vegas Arena em 6 de abril. O Guns ‘N Roses estaria pedindo 3 milhões de dólares (11,7 milhões de reais) para cada apresentação e as entradas ficariam em torno de 250 dólares (975 reais).

A notícia do retorno dos autores de Sweet Child O' Mine ou Welcome To The Jungle não foi de todo uma surpresa. Slash anunciou há meses a reconciliação com Axl Rose depois de mais de 20 anos de distanciamento, e há alguns dias a página oficial voltou a mostrar o símbolo original.

Appetite for Destruction, o primeiro álbum do Guns N’Roses, é o disco de estreia mais vendido da história, com 18 milhões de cópias, e permaneceu no primeiro lugar da Billboard durante cinco semanas. Além disso, vendeu 44,5 milhões de álbuns no total nos EUA. Em 2003, ocupou o posto número 61 na lista dos 500 melhores álbuns de todos os tempos da revista Rolling Stone.

O grupo está desde 2008 sem lançar um novo trabalho no mercado. O único que publicou sem Slash, Chinese Democracy, o sexto disco do Guns N' Roses, ostenta o recorde de ser o álbum mais caro da história da música, com uma produção que chegou a 13 milhões de dólares (mais de 50 milhões de reais). O disco não pagou seus custos, segundo a opinião de críticos, e levou mais de quinze anos para ser feito.

Arquivado Em: