Homem armado com espada mata professor e aluno em escola na Suécia

Mascarado ataca colégio sueco, deixando outras duas pessoas feridas

Agencias

Um professor e um aluno morreram e duas pessoas ficaram feridas – outro professor e um estudante – depois que um homem mascarado e armado com uma espada atacou a escola Kronan, na cidade de Trollhattan, no sudoeste da Suécia. Pouco depois do ataque, a polícia emitiu um comunicado afirmando que um adulto e quatro estudantes tinham ficado feridos. O suspeito, de cerca de 20 anos, ficou ferido por disparos da polícia e foi levado a um hospital. Ele já foi identificado mas não foram revelados detalhes sobre sua identidade nem sobre os motivos do ataque.

Mais informações

“Jovens foram atacados, e isso é terrivelmente trágico”, disse o porta-voz da polícia, Thomas Fuxborg. Trollhattan é uma localidade industrial com 50.000 habitantes ao norte de Gotemburgo, a segunda maior cidade do país.

“Posso confirmar que uma pessoa morreu, mas não posso dizer nada sobre sua identidade”, afirmou a porta-voz do centro hospitalar de Trollhattan, Lotta Abrahamsson, à France Presse. “Quatro pessoas foram internadas no hospital vindas da escola”, informou o chefe de comunicação da entidade, Niklas Claesson. “O atacante está sendo tratado dos ferimentos causados por disparos. As outras pessoas que estão sendo atendidas são jovens, mas não crianças. Alguns deles apresentam ferimentos graves e estão sendo operados. Uma pessoa morreu no local do incidente”, disse.

O estudante Laith, de 14 anos, testemunhou o ataque. “Quando o vimos, pensamos que era uma brincadeira”, declarou ele à emissora sueca SVT. “Ele usava uma máscara e uma roupa pretas e segurava uma grande espada. Houve alunos que quiseram chegar perto para ver a espada”, disse.

“Este é um dia negro para a Suécia. Estou pensando nas vítimas e em suas famílias, nos estudantes e nos funcionários da escola, e em toda a comunidade atingida. Não há palavras para descrever o que ocorre neste momento. Nós nos solidarizamos com eles e devemos nos assegurar de que recebam todo o apoio de que precisam”, declarou o primeiro-ministro sueco, Stephen Löfven, que deve visitar Trollhattan ainda nesta quinta-feira para se reunir com as pessoas atingidas pelo incidente.

A polícia respondeu a uma chamada ao serviço de emergência por volta das 10h (6h em Brasília), na qual foi informada que um homem usando uma máscara e empunhando uma espada estava no interior da escola, e que uma pessoa tinha sido atacada na cafeteria ou nos arredores do local. “Depois disso, recebemos a informação de que os agentes tinham disparado contra o atacante”, afirmou a polícia em seu site.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50