Ao menos dez pessoas sobrevivem a uma queda de avião em Teerã

O acidente deixa ao menos 38 mortos, entre eles sete crianças Um dos motores da aeronave, da empresa iraniana Taban, parou pouco após a decolagem

Destroços do avião acidentado, no aeroporto de Teerã.
Destroços do avião acidentado, no aeroporto de Teerã.ATTA KENARE (AFP)

Ao menos 38 pessoas morreram e 10 ficaram feridas na queda neste domingo de um avião comercial no aeroporto para voos domésticos de Teerã, informaram a agência de notícias estatal Irna e a televisão iraniana. Segundo a equipe médica de emergência, os feridos foram transferidos a hospitais próximos imediatamente depois do acidente.

O avião, uma versão iraniana do Antonov-140, caiu às 9h45 (hora local), minutos depois de decolar, ao sul do aeroporto de Meharabad, perto do estádio esportivo Azai, no sudeste de Teerã.

"O avião caiu no boulevard número seis do complexo habitado Azadi. Não temos informações exatas sobre as causas do acidente", afirmou o porta-voz do Crescente Vermelho, Hosein Derajshan.

MAIS INFORMAÇÕES

A agência Reuters informa que o piloto detectou problemas técnicos apenas quatro minutos após decolar e teve a intenção de retornar ao solo, mas fracassou na tentativa. Uma testemunha ocular afirmou, no entanto, que o avião bateu numa parede.

Segundo o vice-ministro de Transportes e Desenvolvimento Urbano, ainda não foram encontradas as caixas-pretas da aeronave. O avião pertencia à empresa aérea iraniana Taban Airlines e voava de Teerã para Tabas, no leste do país, quando pouco depois de decolar um dos motores parou de funcionar.

O Corpo dos Guardiões da Revolução desmentiu as primeiras informações de que o avião era de sua propriedade, informou a agência Fars, ligada a essa organização militar.

O Irã conta com uma frota aérea obsoleta e enfrenta há vários anos dificuldades para encontrar peças de reposição devido às sanções internacionais, o que resulta em graves atrasos nos voos internos.

O último acidente grave aconteceu em janeiro de 2011, quando um avião comercial caiu enquanto tentava realizar um pouso de emergência durante uma nevasca no norte do Irã, o que provocou a morte de 77 pessoas, informou a emissora estatal de notícias Press TV.

Em julho de 2009, outras 168 pessoas morreram na queda de outro avião no noroeste do país após partir da capital.

Arquivado Em: