COPA DO MUNDO 2014 | HOLANDA 2 x 1 MÉXICO

Erros pontuais acabam com o sonho do México

A Holanda, guiada por um excepcional Robben, manteve-se na Copa do Mundo com dois gols nos minutos finais e acabou com o sonho do México

Robben rouba a bola de Javier Rodríguez.
Robben rouba a bola de Javier Rodríguez.J. McDonald / Getty Images

Os erros pontuais colocaram abaixo o trabalho que o México havia construído durante 80 minutos. Um escanteio mal defendido e um pênalti desnecessário aniquilaram o bom trabalho da Tri, que nadou durante todo o jogo mas acabou morrendo na praia. A Holanda, guiada por excepcional Robben, manteve-se na Copa do Mundo com dois gols nos últimos minutos (2 x 1) que acabaram com o sonho mexicano.

No primeiro tempo, o México jogou com mais brios que a Holanda. Peralta encontrava espaços às costas da defesa holandesa. Giovani dos Santos teve boa chance quando ficou frente a frente com o goleiro, ainda que bem marcado, e seu chute, que buscava passar por entre as pernas do arqueiro, foi desviado. Van Persie até pegou algumas bolas na área, mas não encontrava a luz em meio à escuridão cercado por cinco zagueiros mexicanos.

Perto do intervalo, o México começou a se complicar. O zagueiro Maza Rodriguez deu um passe ruim, que Hector Moreno não conseguiu dominar. A bola resvalou e acabou-se armando um contra-ataque holandês. Dentro da área, Robben estava com a bola colada aos pés. Ele foi tocado duas vezes, e Marquez o derrubou. Moreno até teve de sair, machucado, depois do lance caótico. O juiz não apitou nada.

A Copa é dos atrevidos. E ninguém é mais atrevido que Giovani dos Santos. No começo do segundo tempo, o garoto que acreditava ser um Ronaldinho dominou uma bola que veio alta, perto da área holandesa. Ele foi para a esquerda, em um movimento que tirou Blind da jogada. O lateral ainda tentou atrapalhar, mas não conseguiu. Gio armou a perna e soltou um belo chute de esquerda, que Cliessen demorou para perceber, porque Vlar tampava a visão do goleiro. Quando ele tentou pular, já era tarde demais.

El Piojo Herrera colocou o time para trás. Ele tentou armar uma equipe para o contra-ataque, colocando Aquino no lugar de Dos Santos. A Holanda começou a chegar mais perto do gol de Ochoa. O goleiro, que está sem clube, fez três grande defesas. São Judas Tadeu, o das causas impossíveis, parecia estar outras vez ao lado dele. Não foi suficiente. Na cobrança de um escanteio, a defesa afastou uma bola que ficou boa para Sneijder, que fuzilou. Minutos mais tarde, Márquez pisou em Robben dentro da área. Huntelaar converteu o pênalti. A catedral que o México havia construído em um jogo muito competitivo ruiu quando faltava colocar apenas o último vitral.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete