Angela Merkel quebra a pélvis em acidente de esqui na Suíça

A chanceler, que presume ser uma consumada esportista, teve que suspender todas as atividades de sua agenda

Angela Merkel, em uma estação de esqui, no último Natal.
Angela Merkel, em uma estação de esqui, no último Natal.CORDON

A chanceler alemã Angela Merkel, de 59 anos, que tem por costume passar suas férias de fim de ano no vale alpino suíço de Engadina para praticar seu esporte favorito, o esqui, sofreu um acidente e quebrou a pélvis. A notícia foi dada no início da manhã de hoje por seu porta-voz, Steffen Seibert, que anunciou que Merkel deverá cancelar todas as suas atividades, por pelo menos três semanas. "Trata-se de uma contusão severa associada a uma fratura incompleta do anel pélvico”, disse o porta-voz, ao apontar que os médicos recomendaram repouso absoluto e que o acidente vai impedi-la de viajar. Porém, Merkel poderá seguir atendendo a alguns assuntos por telefone e recebendo seus colaboradores.

A cada ano, Merkel e seu esposo, o químico Joachim Sauer, refugiam-se no vale alpino suíço, localizado a 10 quilômetros de St Moritz para desfrutar da paz, do anonimato e de seu esporte favorito.

O porta-voz não precisou quando ocorreu o acidente, mas certamente o fato deu-se na semana passada, já que tudo estava programado para que Merkel reiniciasse suas atividades nesta segunda-feira. Segundo informações não oficiais, Merkel regressou na semana passada a Berlim, achando que sofria apenas de uma forte contusão.

Por precaução, deixou-se examinar, na sexta-feira, por um médico, que detectou a fratura parcial. Apesar do acidente, a chanceler tem previsto para esta quarta-feira dirigir a primeira reunião de gabinete do Governo de grande coalizão.

Mas Merkel, que precisará de um andador para caminhar, teve que cancelar uma viagem que tinha agendado para a Polônia nesta quarta-feira, e uma entrevista com o novo primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, programada para a quinta-feira desta semana.

No primeiro comunicado oficial sobre o acidente, o porta-voz não deu detalhes de como havia ocorrido, mas o jornal Bild apontou em sua página na internet que a causa poderia ser devido "ao material obsoleto" de seus esquis. Merkel, usa os mesmos esquis há 20 anos, que foram construídos com a assinatura Germina Alpha CS, uma fábrica da ex RDA.

A chanceler presume ser uma grande esportista. Além de praticar com asiduidade o esqui, é uma amante das montanhas. Costuma passar os verões fazendo trilhas.

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS