Blatter diz que o estádio de abertura da Copa não estará pronto até abril

O presidente da Fifa recorre ainda a Deus e a Alá para driblar a falta de um plano B para a Arena Corinthians, em São Paulo

Joseph Blatter durante a coletiva desta quinta-feira, na Bahia.
Joseph Blatter durante a coletiva desta quinta-feira, na Bahia.NELSON ALMEIDA (AFP)

A Arena Corinthians, palco da partida de abertura da Copa do Mundo de 2014, em São Paulo, não ficará pronta até meados de abril, afirmou nesta quinta-feira o presidente da Fifa, Joseph Blatter. O dirigente recorreu ainda à fé religiosa para driblar a falta de um plano B para a inauguração do Mundial.

“O que a Fifa pode fazer é pedir a Deus, a Alá, ou a quem quer que seja, para que não haja mais acidentes ligados à Copa do Mundo”, disse Blatter, durante entrevista coletiva na Costa do Sauípe, no Estado da Bahia (Nordeste), onde será realizado o sorteio dos grupos do Mundial nesta sexta-feira, às 14h (de Brasília).

No último dia 27, dois trabalhadores morreram na queda de um guindaste sobre a arquibancada do setor leste da Arena Corinthians. As causas do acidente nas obras do estádio continuam sendo investigadas.

Com orçamento previsto de 855 milhões de reais (360 milhões de dólares), a Arena Corinthians, no bairro de Itaquera, zona leste de São Paulo, sediará, além da partida de abertura da Copa, cinco jogos do torneio. E deverá ter capacidade para cerca de 65.000 espectadores durante o Mundial.

Outros dois trabalhadores já haviam morrido em obras de arenas para a Copa. O primeiro, na capital Brasília, em junho de 2012, no estádio Mané Garrincha. E o segundo, em março deste ano, na Arena Amazônia, em Manaus (região Norte).

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS