Descarrilamento de trem mata ao menos quatro e fere mais de 60 em Nova York

Cinco vagões saíram dos trilhos em uma curva na altura do Bronx

Pelo menos quatro pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas neste domingo em um descarrilamento de um trem no subúrbio de Nova York, na altura do Bronx. O acidente envolveu uma composição da linha Metro North, alguns minutos depois das 7h no horário local. Dos sete vagões que compunham o trem, cinco ficaram fora dos trilhos.

O descarrilamento ocorreu na estação de Spuyten Duyvil e as primeiras imagens do acidente mostram alguns vagões parados bem perto da água. O trem partiu às 5h54 (hora local) de Poughkeepsie e tinha de chegar às 7h43 a Grand Central, a estação terminal em Manhattan. O serviço nessa linha está suspenso, à medida que continuam os trabalhos de emergência.

O vagão que ficou próximo da água era o último do trem e tudo parece indicar que seguia vazio no momento do acidente. Essa linha percorre um trajeto em paralelo ao rio Hudson. O gestor do transporte público na região metropolitana da cidade de Nova York (MTA, na sigla em inglês) não detalha nesse momento o número de feridos ou mesmo a contagem dos mortos.

“Foi como se chegasse um avião”, comentava uma das testemunhas, referindo-se ao estrondo, “depois, parou inesperadamente”. “Saía alguma fumaça, mas não vi fogo", avaliou.É o segundo descarrilamento que ocorre nesse mesmo local. Em julho último, houve um incidente similar com um trem de carga, mas sem vítimas a serem lamentadas.

Os viajantes da linha Metro North também não são alheios a esses incidentes. Em maio último, dois trens colidiram perto da estação de Fairfield, em Connecticut, provocando várias

dezenas de feridos e afetando o serviço durante dias. E, mais recentemente, essa mesma linha sofreu uma queda de energia. As tormentas de inverno também a afetam.

Arquivado Em: