Tribuna
i

Barragens de hidrelétricas, como a de Belo Monte, transformam Amazônia em zona de sacrifício

A exuberância da maior bacia hidrográfica do planeta está ameaçada por projetos de geração de energia que têm custos humanos e ambientais demasiadamente altos

Usina de Belo Monte.
Usina de Belo Monte.Divulgação
Por Philip Martin Fearnside

Maior floresta tropical do mundo, a Amazônia contempla também a maior bacia hidrográfica do planeta, cujo rio principal ―o Amazonas― é alimentado por afluentes que ramificam em mais de 1.100 rios e formam um sistema de drenagem sem igual. Cerca de um quinto de toda a água que escorre da superfície da Terra acaba nele. No entanto, toda essa exuberância ―responsável por fornecer importantes serviços ecossistêmicos para a humanidade― está ameaçada. Como os fluxos de água podem gerar muita eletricidade, a bacia do rio Amazona...

Mais informações