Polícia prende homem que alegou ter uma bomba perto do Capitólio dos EUA

As forças de segurança evacuaram vários edifícios nas proximidades do Congresso norte-americano

Antonia Laborde
Washington -
Polícia bloqueia região do Congresso dos Estados Unidos devido a ameaça de bomba, nesta quinta-feira em Washington.
Polícia bloqueia região do Congresso dos Estados Unidos devido a ameaça de bomba, nesta quinta-feira em Washington.NICHOLAS KAMM (AFP)
Mais informações
Una militar israelí observa el sur de Líbano, el lunes en las Granjas de Sheba (Altos del Golán).
Declínio dos EUA como superpotência no Afeganistão projeta sombras sobre o Oriente Médio
El presidente Joe Biden saluda este lunes a su llegada a Washington desde la residencia de Camp David.
Biden: “Os EUA não poderiam continuar lutando uma guerra que os afegãos não estão dispostos a travar”
Lições aprendidas no Afeganistão? Nenhuma

A polícia do Capitólio dos Estados Unidos deteve um homem que afirmava ter uma bomba dentro de sua caminhonete fora da sem identificação em frente à Biblioteca do Congresso em Washington, nesta quinta-feira. A Polícia do Capitólio evacuou vários prédios nas proximidades do centro da cidade, onde o Congresso e a Suprema Corte estão localizados. Após quase cinco horas, em que os agentes negociaram com o suspeito identificado como Floyd Ray Roseberry, 49 anos, ele se rendeu e saiu do veículo. As forças de segurança enviaram atiradores para a área depois que policiais avistaram o suspeito com um objeto que parecia ser um detonador.

Antes da prisão, o chefe de polícia do Capitólio dos EUA, Thomas Manger, disse que eles estavam em conversações com o suspeito. “Meus negociadores estão trabalhando duro para conseguir uma solução pacífica para este incidente”, disse. A área do Capitólio está bloqueada por carros de polícia e blocos de concreto. Os agentes recomendaram que os funcionários da área evacuassem e usassem os túneis subterrâneos, se necessário, para deixar a área. Os congressistas não estão em seus escritórios, porque a Câmara dos Representantes está em recesso de férias esta semana.

As forças de segurança informaram à mídia local que trabalhavam para descobrir se o dispositivo explosivo poderia ser operado e se o homem na caminhonete possuía um detonador. A Polícia Metropolitana do Distrito de Columbia, o FBI e o Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos também trabalharam na ocorrência.

Enquanto as forças de segurança negociavam com o indivíduo, a Polícia de Nova York fechou temporariamente a Times Square, no coração d cidade, por um pacote suspeito. No início de agosto, um policial foi morto e várias pessoas ficaram feridas em um tiroteio perto do Pentágono. A sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos ficou bloqueada por uma hora e meia devido ao evento ocorrido na estação de metrô mais próxima ao prédio federal.

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$

Clique aqui

Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS