Chuva de maconha em Tel Aviv

Ativistas a favor da legalização jogam pacotes de cannabis de um drone nas ruas da cidade

Os pedestres que passavam pela Praça Rabin, em Tel Avive (Israel), foram surpreendidos na quinta-feira passada por uma chuva repentina de saquinhos com maconha derrubados por um drone. Os supostos autores dessa ação pertencem ao grupo ativista Green Drone, que defende a legalização da maconha em Israel. Pouco antes da ação, o grupo compartilhou uma mensagem por meio do Telegram: “Chegou a hora, meus queridos irmãos. É um pássaro? É um avião? Não, é o Green Drone, distribuindo cannabis grátis do céu. "

Mais informações

Em 2017, Israel se tornou o primeiro país do Oriente Médio e da África a regulamentar o uso recreativo da maconha. Portanto, o consumo dessa substância em espaços públicos por pessoas sem receita médica deixou de ser crime. Mas se uma pessoa maior de idade for pega portando a droga ou fumando em público, ela está sujeita a uma multa financeira.

O uso medicinal da cannabis em Israel foi aprovado em 1999. Hoje, mais de 40.000 pessoas têm autorização do Ministério da Saúde para consumir a erva. Tel Aviv é a cidade tecnológica de Israel e abriga mais de 40% da população do país. Lá, a capitalização de mercado das empresas dedicadas à indústria da cannabis atingiu investimentos de milhões de dólares, tornando-se um setor em crescimento com grande potencial de expansão.

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50