_
_
_
_

PSG reage contra o Borussia Dortmund e garante vaga nas quartas de final da Champions League

Depois de perder na Alemanha, franceses vencem com gols de Neymar e Bernat e se classificam em partida com portões fechados

Diogo Magri
Neymar, Marquinhos e Sarabia comemoram primeiro gol do PSG.
Neymar, Marquinhos e Sarabia comemoram primeiro gol do PSG.AP
Mais informações
Schalke's supporters display banners reading "We apologize to all whores to link them to Mr Hopp" before the German first division Bundesliga football match FC Schalke 04 vs 1899 Hoffenheim in Gelsenkirchen, western Germany, on March 7, 2020. (Photo by UWE KRAFT / AFP) / DFL REGULATIONS PROHIBIT ANY USE OF PHOTOGRAPHS AS IMAGE SEQUENCES AND/OR QUASI-VIDEO
A grande rebelião anticapitalista do futebol alemão
NAPLES, ITALY - FEBRUARY 25: SSC Napoli supporter with a mask due to Coronavirus before the UEFA Champions League round of 16 first leg match between SSC Napoli and FC Barcelona at Stadio San Paolo on February 25, 2020 in Naples, Italy. (Photo by Francesco Pecoraro/Getty Images)
Esporte mundial ‘em quarentena’ por causa do coronavírus

O PSG reagiu e virou o confronto contra Borussia Dortmund com uma vitória por 2 a 0 nesta quarta-feira, em Paris, pelo jogo de volta das oitavas de final da UEFA Champions League. Os gols foram marcados no primeiro tempo por Neymar e Bernat. O estádio estava de portões fechados, mas foi possível ouvir a festa dos torcedores franceses que se aglomeraram nos arredores do Parc des Princes desde o primeiro minuto de jogo. Correspondendo à iniciativa da torcida, o PSG dominou a partida durante todo o primeiro tempo. Logo aos 24 minutos, Neymar acabou com a vantagem do Borussia ao completar de peixinho o escanteio cobrado por Di Maria. Os alemães acordaram depois do gol sofrido, mas os donos da casa ampliaram ainda no primeiro tempo: nos acréscimos da etapa inicial, Sarabia cruzou rasteiro da direita e o lateral Bernat chegou de surpresa na área, desviando para o fundo das redes do goleiro Burki e fazendo 2 a 0.

O segundo tempo voltou com o Borussia tentando encurralar os parisienses, mas sem dar muito trabalho ao goleiro Navas. Haaland, que foi a sensação da partida de ida, mal tocou na bola. Coube ao Paris administrar o ritmo de jogo até o fim. Antes do apito final, Emre Can ainda se envolveu em uma confusão com Marquinhos após falta em Neymar e acabou expulso. Com a vitória, o PSG volta a se classificar para as quartas de final do principal torneio europeu após eliminações seguidas e traumáticas para Barcelona, Real Madrid e Manchester United.

Veja como contamos PSG x Borussia Dortmund:

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_