Exploração espacial

Nave ‘Perseverance’ consegue o primeiro vídeo de um pouso em Marte na história

NASA documenta a espetacular descida completa de seu veículo de exploração no planeta vermelho

Imagens captadas pela nave 'Perseverance' ao aterrissar em Marte.
Imagens captadas pela nave 'Perseverance' ao aterrissar em Marte.

Mais informações

A NASA acaba de divulgar o vídeo completo do pouso do Perseverance em Marte, a primeira vez que a chegada de uma missão ao planeta vermelho é registrada. As imagens foram tiradas por várias câmeras acopladas ao veículo de exploração: começam logo após o lançamento do enorme paraquedas, continuam com a descida da nave em direção a uma superfície de Marte em que se pode observar muitas de suas características geográficas e termina com a parada do Perseverança no solo do planeta.

“Vendo essas imagens, qualquer um pode ter uma ideia de como seria pousar uma espaçonave em Marte”, resumiu Matt Wallace, um dos responsáveis pela missão, durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira. Pela primeira vez, a NASA permitiu que o rover levasse câmeras convencionais de vídeo e foto para tentar documentar o pouso completo. A decisão foi um sucesso pelas imagens espetaculares e a utilidade desses vídeos e fotos para melhor compreender todo o processo, segundo explicou a equipe da missão.

O Perseverance pousou com sucesso na cratera Jezero na quinta-feira por volta de 18 horas (horário de Brasília). Esta é a maior missão a Marte da história e seu principal objetivo é encontrar vestígios de vida nesta área do hemisfério norte do planeta, que há 3,5 bilhões de anos era um grande lago onde as condições adequadas para o surgimento de vida poderiam existir.


Nos próximos dias, os responsáveis pela missão irão analisar os primeiros dados acumulados pelo Perseverance, reavaliar a sua programação e começar a testar os seus diversos instrumentos. Em algumas semanas, o veículo moverá seu braço robótico pela primeira vez e fará um primeiro deslocamento curto como teste. Em um ou dois meses, espera-se que o rover tenha encontrado um local suficientemente plano para soltar o Ingenuity, um pequeno drone movido por hélices compridas que foi levado a Marte pela primeira vez.

Esse tipo de veículo autônomo poderia ser a solução para alcançar os lugares mais acidentados e complicados do planeta, pontos que não poderiam ser visitados de outra forma. No futuro, drones como esse poderiam ser um apoio importante para as missões tripuladas. Outro objetivo da missão é justamente preparar o caminho para os astronautas que chegarão dentro de alguns anos.

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$

Clique aqui

Esta é também a missão mais cara da história da exploração de Marte: o equivalente a 14,7 bilhões de reais. O Perseverance tem seis rodas e está equipado com sete instrumentos científicos para tentar analisar a composição atômica e química do fundo do lago desaparecido em busca de rastros inconfundíveis de micróbios marcianos. A equipe científica da missão pretende explorar o fundo do antigo lago e suas margens em busca de minerais carbonatados, que na Terra preservam muito bem os fósseis. No futuro, a missão poderá chegar ao limite da cratera, justamente no ponto em que um rio passava e onde ainda se conservam sedimentos arrastados pela água.

As primeiras imagens enviadas pelo Perseverance até o momento mostram o veículo ainda pendurado no guindaste que o colocou com sucesso na superfície, uma de suas rodas pisando no solo de Marte logo após o pouso e uma vista panorâmica colorida do local em que se encontra.

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50