Séries de TV

‘The Big Bang Theory’: assim foi o final da série

Último capítulo, de uma hora de duração, encerra 12 anos do seriado com direito a um prêmio Nobel, o elevador consertado e muitos momentos sentimentais

Cena do último capítulo de 'The Big Bang Theory'.
Cena do último capítulo de 'The Big Bang Theory'.

Mais informações

Com um Prêmio Nobel debaixo do braço e muitos momentos sentimentais, foi ao ar na noite desta quinta-feira, nos EUA, o último capítulo de The Big Bang Theor . A comédia do canal aberto CBS, criada por Chuck Lorre, durou 12 temporadas e chegou a acumular uma média de quase 20 milhões de fiéis espectadores nos últimos anos só nos Estados Unidos. A despedida, com uma hora de duração, fechou tramas e provocou uma avalanche de comentários nas redes sociais.

Atenção, spoilers a partir daqui. Esmiuçamos tudo.

Sheldon Cooper (Jim Parsons) e Amy Farrah Fowler (Mayim Bialik) conseguem ganhar o Prêmio Nobel de Física com sua pesquisa conjunta, Penny (Kaley Cuoco) e Leonard (Johnny Galecki) anunciam que ela está grávida, Sheldon pede perdão 12 anos depois a seus amigos por não ser “o amigo que vocês merecem”, Raj (Kunal Nayyar), sempre à caça de um encontro, consegue sair com a atriz Sarah Michelle Gellar, a protagonista de Buffy, a Caça-Vampiros, e o famoso elevador do edifício onde os protagonistas moram finalmente é consertado.

As desculpas de Sheldon chegaram no momento mais inesperado para seus amigos. Ao fazer o discurso de aceitação do prêmio Nobel, virou-se para onde estes estavam e lhes disse: “Peço perdão se não fui o amigo que vocês merecem, mas quero que saibam que, à minha maneira, amo todos vocês”.

A série, que sempre misturou a ciência com a cultura popular do cinema, séries e HQs, contou com a participação de muitas celebridades fazendo o papel de si mesmos, como o físico Stephen Hawking (que apareceu em diversas ocasiões), Stan Lee (criador de personagens da Marvel como o Homem-Aranha e os Vingadores), o ator William Shatner (protagonista da primeira Star Trek), Mark Hamill (Luke em Star Wars), Bill Gates, fundador da Microsoft, e Steve Wozniak, cofundador da Apple.

O final de The Big Bang Theory coincide com o de Game of Thrones, cujo último capítulo vai ao ar na noite deste domingo. The Big Bang Theory tem uma série derivada, O Jovem Sheldon, que acompanha a infância de Sheldon Cooper. O spin-off – que a partir de setembro ocupará o vazio deixado na grade pela série-mãe –encerrou sua segunda temporada também nesta quinta-feira, fazendo uma homenagem ao final de Big Bang e à cerimônia do Nobel, além de apresentar as versões infantis dos demais integrantes do elenco principal.

A CBS pediu oficialmente a Chuck Lorre que faça novas séries derivadas, embora por enquanto o roteirista, que estreará na nova temporada a comédia romântica Bob Hearts Abishola, não tenha encontrado uma ideia que o interesse.