Seleccione Edição
Login

Chuva no Rio deixa mortos e Ciclovia Tim Maia desaba pela 4ª vez

13 fotos

Cidade foi colocada em estado de crise e as aulas da rede municipal estão suspensas. O prefeito Marcelo Crivella afirmou que obras na ciclovia não foram concluídas a tempo

  • As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro entre a noite desta segunda-feira, 8, e a manhã desta terça-feira deixaram pelo menos quatro pessoas mortas e causaram destruição na cidade. Na foto, um trator retira entulhos na Avenida Niemeyer, onde mais um trecho da Ciclovia Tim Maia desabou.
    1As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro entre a noite desta segunda-feira, 8, e a manhã desta terça-feira deixaram pelo menos quatro pessoas mortas e causaram destruição na cidade. Na foto, um trator retira entulhos na Avenida Niemeyer, onde mais um trecho da Ciclovia Tim Maia desabou. REUTERS
  • De acordo com dados do Alerta Rio, o sistema de monitoramento meteorológico da prefeitura, o volume de chuvas acumulado em apenas quatro horas na noite desta segunda foi até 70% maior do que o esperado para todo o mês de abril em alguns pontos. O município foi colocado em estado de crise e as aulas da rede municipal estão suspensas
    2De acordo com dados do Alerta Rio, o sistema de monitoramento meteorológico da prefeitura, o volume de chuvas acumulado em apenas quatro horas na noite desta segunda foi até 70% maior do que o esperado para todo o mês de abril em alguns pontos. O município foi colocado em estado de crise e as aulas da rede municipal estão suspensas REUTERS
  • Um trecho da Ciclovia Tim Maia desabou por volta das 22h na Avenida Niemeyer, na altura de São Conrado. Este foi o quarto desmoronamento desde que a via foi inaugurada, em 2016. Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, o prefeito Marcelo Crivella afirmou que, desde a última queda, nas chuvas que também castigaram a cidade em fevereiro deste ano, um programa de contenção de encostas é desenvolvido na região, mas as obras não chegaram a tempo ao trecho que caiu. "Neste trecho, fizemos a limpeza necessária e não tivemos tempo de fazer as contenções. Uma quantidade de solo desabou e aí mais um pedacinho da nossa ciclovia quebrou", afirmou
    3Um trecho da Ciclovia Tim Maia desabou por volta das 22h na Avenida Niemeyer, na altura de São Conrado. Este foi o quarto desmoronamento desde que a via foi inaugurada, em 2016. Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, o prefeito Marcelo Crivella afirmou que, desde a última queda, nas chuvas que também castigaram a cidade em fevereiro deste ano, um programa de contenção de encostas é desenvolvido na região, mas as obras não chegaram a tempo ao trecho que caiu. "Neste trecho, fizemos a limpeza necessária e não tivemos tempo de fazer as contenções. Uma quantidade de solo desabou e aí mais um pedacinho da nossa ciclovia quebrou", afirmou REUTERS
  • Ainda segundo o prefeito, ele havia participado, nesta segunda-feira, de uma reunião com engenheiros e diversas associações da sociedade civil na qual foi abordada as condições da ciclovia. "90% das pessoas acharam que a ciclovia deveria permanecer", disse
    4Ainda segundo o prefeito, ele havia participado, nesta segunda-feira, de uma reunião com engenheiros e diversas associações da sociedade civil na qual foi abordada as condições da ciclovia. "90% das pessoas acharam que a ciclovia deveria permanecer", disse REUTERS
  • A prefeitura confirmou que três pessoas morreram durante os temporais. Duas delas foram vítimas de um deslizamento no Morro da Babilônia, no Leme, zona sul da cidade. A terceira morte, por afogamento, foi registrada na Avenida Marquês de São Vicente, na Gávea. Segundo relatos, um homem que estava na garupa de uma moto acabou derrubado pela correnteza e arrastado pela água. Quando o alagamento na via diminuiu, o corpo foi encontrado preso embaixo de um carro
    5A prefeitura confirmou que três pessoas morreram durante os temporais. Duas delas foram vítimas de um deslizamento no Morro da Babilônia, no Leme, zona sul da cidade. A terceira morte, por afogamento, foi registrada na Avenida Marquês de São Vicente, na Gávea. Segundo relatos, um homem que estava na garupa de uma moto acabou derrubado pela correnteza e arrastado pela água. Quando o alagamento na via diminuiu, o corpo foi encontrado preso embaixo de um carro REUTERS
  • O prefeito Marcelo Crivella foi questionado pelo fato de as sirenes de alerta não terem sido acionadas na região do Morro da Babilônia, justamente onde duas mortes foram registradas. Segundo ele, o volume de chuvas registrado na região ficou um pouco abaixo do limite estabelecido pelo protocolo para o acionamento do alerta. No total, 31 sirenes foram disparadas na cidade Na foto, carros arrastados na região do Jardim Botânico na madrugada desta terça-feira.   Com informações da Agência Brasil
    6O prefeito Marcelo Crivella foi questionado pelo fato de as sirenes de alerta não terem sido acionadas na região do Morro da Babilônia, justamente onde duas mortes foram registradas. Segundo ele, o volume de chuvas registrado na região ficou um pouco abaixo do limite estabelecido pelo protocolo para o acionamento do alerta. No total, 31 sirenes foram disparadas na cidade Na foto, carros arrastados na região do Jardim Botânico na madrugada desta terça-feira.

    Com informações da Agência Brasil

    REUTERS

  • Um ônibus foi atingido pela queda de uma árvore no Leblon, zona sul da cidade
    7Um ônibus foi atingido pela queda de uma árvore no Leblon, zona sul da cidade AFP
  • Vista aérea de parte da praia de Copacabana alagada, também na zona sul da cidade, uma das mais atingidas pelos temporais
    8Vista aérea de parte da praia de Copacabana alagada, também na zona sul da cidade, uma das mais atingidas pelos temporais AFP
  • Bombeiros trabalham em uma área desmoronada no Morro da Babilônia, onde duas mortes foram registradas
    9Bombeiros trabalham em uma área desmoronada no Morro da Babilônia, onde duas mortes foram registradas REUTERS
  • Carros passam por área alagada na região do Jardim Botânico na manhã desta terça-feira
    10Carros passam por área alagada na região do Jardim Botânico na manhã desta terça-feira REUTERS
  • Bombeiro mergulha em busca por desaparecido no Rio. Carro ficou submerso dentro de túnel alagado após fortes temporais atingirem a capital fluminense e a região metropolitana. Ao menos três pessoas estão desaparecidas, entre elas uma avó que deixou um shopping com a neta de sete anos em um táxi
    11Bombeiro mergulha em busca por desaparecido no Rio. Carro ficou submerso dentro de túnel alagado após fortes temporais atingirem a capital fluminense e a região metropolitana. Ao menos três pessoas estão desaparecidas, entre elas uma avó que deixou um shopping com a neta de sete anos em um táxi AFP
  • Ônibus atingido por uma árvore no Rio de Janeiro, que desabou durante o temporal que atingiu a cidade entre a noite desta segunda-feira e a madrugada desta terça.
    12Ônibus atingido por uma árvore no Rio de Janeiro, que desabou durante o temporal que atingiu a cidade entre a noite desta segunda-feira e a madrugada desta terça. AFP
  • Pessoas tentam atravessar uma área alagada  no Rio. Ao menos quatro pessoas morreram em decorrência da chuva
    13Pessoas tentam atravessar uma área alagada no Rio. Ao menos quatro pessoas morreram em decorrência da chuva AFP