Fórmula 1

Fernando Alonso anuncia que deixará a Fórmula 1

O piloto espanhol sairá da categoria ao final desta temporada, depois de 17 anos e dois títulos mundiais

Fernando Alonso, durante o GP da China, em abril.
Fernando Alonso, durante o GP da China, em abril.DIEGO AZUBEL (EFE)

MAIS INFORMAÇÕES

Fernando Alonso dirá adeus ao Campeonato Mundial de Fórmula 1 quando terminar esta temporada. O piloto espanhol anunciou sua decisão nesta terça-feira, 14 de agosto, para os fãs de automobilismo. Alonso estava há alguns dias insinuando através de suas redes sociais sua intenção de comunicar algo importante, embora ninguém imaginava que seria algo tão impactante. A confirmação chegou através de um vídeo do próprio Alonso e também da McLaren, que ainda é sua equipe, que ao mesmo tempo emitiu um comunicado no qual deixava claro que o espanhol não fará parte do time em 2019.

“Após 17 anos incríveis, chegou o momento fazer uma mudança e virar a página […]. Tomei esta decisão faz uns meses e de forma convicta. No entanto, quero agradecer os esforços da Liberty Media [grupo americano proprietário da F1] realizados para que eu mudasse de opinião, e também os de todos aqueles que me contataram”, declara Alonso na nota emitida às 12h (horário de Brasília), em um horário que encaixa tanto na Europa como nos Estados Unidos, onde foca seus próximos desafios. 

Natural das Astúrias, no noroeste da Espanha, ele não era só o primeiro campeão espanhol da história da Fórmula 1, mas também um dos esportistas mais populares do país; alguém capaz de monopolizar a torcida em um esporte não muito tradicional entre a população. Ao mesmo tempo, também era um dos corredores mais controversos do paddock, alguém capaz de gerar simpatias e rejeições, sobretudo pela forma como defende suas decisões fora do carro.

Apesar de pôr fim à etapa esportiva mais importante de sua vida, Alonso, com 37 anos, terá como objetivo a Tríplice Coroa, como é conhecido a glória para quem vence o Grande Prêmio de Mônaco, as 24 horas de Le Mans e as 500 milhas de Indianápolis, as três provas mais famosas de corrida do mundo; até hoje, só o britânico Graham Hill conseguiu. Fernando Alonso já tem em sua carreira as duas primeiras vitórias, e não há dúvida de que no ano que vem, pela segunda vez, correrá em Indianápolis para tentar vencer e completar o trio.

Arquivado Em: