Japão e Senegal empatam e lideram o Grupo H da Copa do Mundo

As equipes fizeram um jogo diferente do roteiro desta Copa: aberto, sempre em busca do gol

Inui celebra o gol de empate.
Inui celebra o gol de empate.Dan Mullan (Getty Images)

As duas primeiras rodadas da Copa do Mundo da Rússia foram marcadas por uma mesma dinâmica de jogo: enquanto a seleção de menor expressão se fecha, o time de estrelas que joga do outro lado do campo tenta vazar a defesa adversária. O roteiro mudou neste domingo, no jogo franco entre Japão e Senegal. Buscando o gol a todo o momento, os jogadores das duas equipes foram premiados com um justo empate, e a consequente liderança compartilhada do Grupo H.

Mais informações

O senegaleses começaram o jogo com mais vontade e surpreenderam a defesa japonesa logo aos 11 minutos do primeiro tempo, com Mané. O gol acordou a seleção do Japão, cujos insistentes lançamentos para o ataque encontraram Nagatomo pela esquerda ao 33 minutos. O lateral passou a bola para Inui empatar o jogo. O Japão voltou com mais sede para o segundo tempo, mas foram os senegaleses que marcaram primeiro, com chute forte de Wague.

O time japonês não desanimou e seguiu atacando até o veterano Honda escorar a bola para o gol de Ndiaye, que havia saído mal do gol e deixou a meta aberta para o empate aos 33 do segundo tempo: 2x2. Com o resultado, que ficou de bom tamanho para o que as equipes apresentaram em campo, Senegal e Japão dividem a liderança do Grupo H, na frente dos outrora favoritos Polônia e Colômbia (o Japão lidera por ter menos cartões amarelos).

Veja como foi a partida entre Japão e Senegal:

Rodolfo Borges

Encerramos por aqui a cobertura de Japão 2 x 2 Senegal. Siga no EL PAÍS para a transmissão de Polônia x Colômbia. Obrigado pela companhia e até a próxima!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O Grupo H ficou assim. Agora, Polônia e Colômbia jogam para tentar permanecer vivos na disputa.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

As duas equipes buscaram o gol durante todo o jogo. O primeiro tempo foi mais equilibrado. No segundo, o Japão ameaçou muito mais o gol senegalês, e foi premiado com o empate após finalização de Honda, que tinha acabado de entrar. Agora, as duas seleções lideram o Grupo H.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Fim de jogo!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

48 minutos. Hasebe interrompe contra-ataque senegalês e recebe cartão amarelo.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

46 minutos. Senegal joga a bola para a área duas vezes, mas a defesa japonesa bloqueia. O lance termina em falta de ataque.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Quatro minutos de acréscimo!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

44 minutos. Usami puxa contra-ataque japonês e é derrubado por Sabaly. Cartão amarelo para o senegalês.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

41 minutos. Autor de um dos gols da partida, Inui sai para a entrada de Usami.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

40 minutos. Grande homem do ataque senegalês no jogo, Niang deixa o campo para a entrada de Diouf.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

39 minutos. O Japão segue no ataque. Senegal parece mais conformado com o resultado de empate.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

35 minutos. Agora é Senegal que muda o time. Ndoye entra no lugar de Alfred Ndiaye.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

33 minutos. O experiente jogador japonês recebe o cruzamento de Inui após saída ruim do goleiro Ndiaye e escora para o gol. Empate em 2x2!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

GOOOOOOOOOL do Japão! Honda!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

32 minutos. Senegal achou seu gol em meio a vários ataques perigosos do Japão. Os japonseses seguem ameaçando o gol adversário. Senegal se segura e tenta avanços para incomodar a defesa do Japão.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

30 minutos. Okasaki entra no lugar de Kawaguchi.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

29 minutos. QUASE! Osako bate em cima de Sané dentro da área. O zagueio evita o gol japonês.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

28 minutos. Os japoneses buscam o ataque. Eles vinham melhor antes de tomar o segundo gol.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

27 minutos. Honda entra no lugar de Kagawa, que comandava o meio de campo japonês.

Rodolfo Borges

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: