Seleccione Edição
Login

VÍDEO | Uma improvável história de amor: autora comenta livro ‘Lua de Mel em Kobane’

Jornalista da 'Folha de S. Paulo', Patricia Campos Mello conta a história de Raushan e Barzan em meio à guerra da Síria, que completa sete anos nesta semana

O EL PAÍS conversou ao vivo nesta segunda, via Facebook Live, com a jornalista Patrícia Campos Mello, autora do livro Lua de Mel em Kobane, que conta a improvável história dos curdos Raushan e Barzan, que se apaixonaram pela internet e arriscaram a vida ao decidir se instalar na cidade de Kobane, sitiada pelo Estado Islâmico, em meio à sangrenta guerra na Síria. Os dois jovens exilados não se conheciam nem tinham amigos em comum. Ela, uma estudante que interrompera o curso de direito na Universidade de Alepo após episódios de violência perpetrados por extremistas religiosos; ele, um jornalista afastado do país por sua militância pela independência curda.

Patricia viajou para a região para a cobertura do conflito depois que a foto do menino sírio Alan Kurdi, de três anos, rodou o mundo. Deitado de bruços numa praia, tentava fugir dos ataques massivos em seu país. Acabou conhecendo o casal, que a auxiliaria em sua cobertura.

VÍDEO | Uma improvável história de amor: autora comenta livro ‘Lua de Mel em Kobane’

A guerra na Síria completa sete anos nesta semana com números assustadores de vítimas. Mais de meio milhão de pessoas podem ter morrido no conflito, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. A guerra começou numa combustão que se formou com o governo do ditador Basher Al-Assad, quando os ares da Primavera Árabe varriam o Oriente Médio, e se estende até hoje com a resistência de seus opositores e a entrada de novos personagens, como o Estado Islâmico, e as grandes potências que apoiam o regime sírio. Rússia e Estados Unidos, por exemplo, se tornaram protagonistas nesta guerra.

MAIS INFORMAÇÕES