Seleccione Edição
Login

Um vampiro-presidente, mas agora sem faixa, e outras imagens para dizer adeus ao Carnaval

Escola sensação na Sapucaí, no Rio, Paraíso do Tuiuti dá explicações contraditórias para a ausência do adereço em uma das fantasias mais comentadas de 2018. Jornal fala em pressões do Planalto

  • A Paraíso do Tuiuti, escola vice-campeã e sensação do Carnaval do Rio, voltou à avenida neste sábado, mas com uma controvérsia. O destaque vestido de "vampiro neoliberal", uma das fantasias mais comentadas do ano, desfilou sem a faixa presidencial da primeira aparição, que o transformou imediatamente em "vampiro-presidente". As explicações da escola e do próprio folião foram contraditórias. O destaque Leo Morais primeiro disse ao G1 que esperava autorização para desfilar com a roupa completa, depois disse ter perdido a faixa. O jornal 'O Globo' citou fontes anônimas da escola para afirmar que a agremiação sofreu pressões da Presidência da República para censurar o adereço, porque o Planalto estaria incomodado com a representação do vampiro-presidente. O assunto virou um dos temas mais comentados das redes sociais.
    1A Paraíso do Tuiuti, escola vice-campeã e sensação do Carnaval do Rio, voltou à avenida neste sábado, mas com uma controvérsia. O destaque vestido de "vampiro neoliberal", uma das fantasias mais comentadas do ano, desfilou sem a faixa presidencial da primeira aparição, que o transformou imediatamente em "vampiro-presidente". As explicações da escola e do próprio folião foram contraditórias. O destaque Leo Morais primeiro disse ao G1 que esperava autorização para desfilar com a roupa completa, depois disse ter perdido a faixa. O jornal 'O Globo' citou fontes anônimas da escola para afirmar que a agremiação sofreu pressões da Presidência da República para censurar o adereço, porque o Planalto estaria incomodado com a representação do vampiro-presidente. O assunto virou um dos temas mais comentados das redes sociais.
  • A cantora Anitta encerrou sua maratona carnavalesca puxando o Blovo das Poderosas no Rio pelo terceiro ano seguido. Com 26 milhões de seguidores no Instagram, ela atraiu atenção fazendo enquete sobre o figurino que escolheria ao lado de estrelas do momento e atores globais. No fim, escolheu o biquini de fita isolante, marca do videoclipe de seu hit, 'Vai Malandra'
    2A cantora Anitta encerrou sua maratona carnavalesca puxando o Blovo das Poderosas no Rio pelo terceiro ano seguido. Com 26 milhões de seguidores no Instagram, ela atraiu atenção fazendo enquete sobre o figurino que escolheria ao lado de estrelas do momento e atores globais. No fim, escolheu o biquini de fita isolante, marca do videoclipe de seu hit, 'Vai Malandra' EFE
  • A cantora Pablo Vittar desfila na  escola de samba Beija Flor, campeã do Carnaval carioca em 2018. A diva pop também passou por outro Carnaval multitudinário no Brasil, o de Salvador. Ela puxou um trio elétrico no circuito mais prestigioso, o Barra-Ondina.
    3A cantora Pablo Vittar desfila na escola de samba Beija Flor, campeã do Carnaval carioca em 2018. A diva pop também passou por outro Carnaval multitudinário no Brasil, o de Salvador. Ela puxou um trio elétrico no circuito mais prestigioso, o Barra-Ondina. EFE
  • Desfile de integrantes da escola União da Ilha do Governador.
    4Desfile de integrantes da escola União da Ilha do Governador. EFE
  • Imagem aérea da av. 23 de Maio, em São Paulo, onde a cantora baiana Claudia Leitte puxou seu trio elétrico, o Largadinho, neste sábado.
    5Imagem aérea da av. 23 de Maio, em São Paulo, onde a cantora baiana Claudia Leitte puxou seu trio elétrico, o Largadinho, neste sábado.
  • Multidão no Bloco das Poderosas, no Rio. Com a incorporação definitiva do fim de semana posterior ao Carnaval aos festejos mostra como a dificuldade do brasileiro de se despedir da maior e mais catártica festa do ano. Faltam 377 dias para o Carnaval, que em 2019 começa em 2 de março.
    6Multidão no Bloco das Poderosas, no Rio. Com a incorporação definitiva do fim de semana posterior ao Carnaval aos festejos mostra como a dificuldade do brasileiro de se despedir da maior e mais catártica festa do ano. Faltam 377 dias para o Carnaval, que em 2019 começa em 2 de março. EFE