Seleccione Edição
Login

Para recordar o talento de Dolores O’Riordan: ‘Linger’, ‘Zombie’ e outros clipes icônicos

Líder do Cranberries morreu aos 46 anos nesta segunda. Lembramos alguns de seus sucessos

Morre Dolores O'Riordan
Dolores O'Riordan, cantora do The Cranberries EFE

Voz inconfundível da banda irlandesa de rock The Cranberries, Dolores O'Riordan morreu em Londres aos 46 anos de maneira repentina. Com ela no vocal, a banda foi um dos maiores fenômenos musicais e de vendas de álbuns nos anos 90. Abaixo, uma lista com algumas das músicas mais icônicas do grupo que marcou uma geração.

Zombie

Sem dúvida o single de maior sucesso de seu grupo, The Cranberries. Uma canção em tom de protesto sobre o conflito na Irlanda do Norte.

Ode to my family

Trata-se do segundo single do álbum No Need to Argue. Um grande êxito nas paradas de todo o mundo. Nessa faixa Dolores O’Riordan cantava com saudade a tranquilidade e felicidade de sua infância antes de triunfar e se tornar famosa.

Dreams

Um dos grandes hinos de The Cranberries. Escrita por Dolores O’Riordan, foi gravada em 1992. Algumas vozes da canção eram de Mike Mahoney, ex-namorado dela.

Just my imagination

Foi lançada em 1999 como o terceiro single de seu quarto álbum, Bury the Hatchet. Uma das canções preferidas por seus fãs, costumavam tocar ao vivo.

Linger

No documentário 99 Love Life & Rock ‘n’ Roll, Dolores O’Riordan disse que a canção estava inspirada no que foi seu primeiro beijo. Pertence a seu álbum de estreia Everybody Else Is Doing It, So Why Can’t We?, lançado em 1993.

MAIS INFORMAÇÕES