Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Estratégias frente ao Brexit

Um Plano de Cooperação com o Governo aliviaria o dano econômico da secessão britânica

Turistas britânicos em Salou.
Turistas britânicos em Salou.

Ainda não se conhecem com exatidão as consequências do Brexit para as economias nacionais, mas restam poucas dúvidas de que o impacto será duro e obrigará a novas decisões e estratégias empresariais. O Comitê Europeu das Regiões está coordenando um estudo sobre esse custo para as províncias e comunidades europeias. No caso da Espanha, a avaliação não pode ser mais clara: haverá um efeito profundo no turismo (em especial na Andaluzia, Comunidade Valenciana, Baleares e Canárias), mercado imobiliário (dependente do turismo), exportações agrícolas e, no caso do País Basco, riscos importantes nos mercados automobilístico, aeroespacial, de energia e financeiro. Gibraltar é um caso especial: a Andaluzia calcula que quase 59% dos 10.000 trabalhadores espanhóis que trabalham no Peñón serão afetados em seus empregos e salários.

O dano para as Comunidades Autônomas pode ser considerável, mas há bons motivos para acreditar que é possível aliviá-los com políticas compensatórias adequadas. A estratégia mais acertada é que as autonomias, enquanto gestoras descentralizadas da atividade econômica, teriam de combinar já com o Governo central um Plano de Cooperação para compensar as perdas resultantes do Brexit. Não se trata tanto de reclamar compensações ou subvenções quanto de planejar a recuperação da atividade econômica nos mercados mais afetados pelo Brexit. Esse Plano deveria se concentrar em investimentos em setores com mais valor agregado que o turismo (se for possível).

O Governo também tem um trabalho decisivo em Bruxelas: defender que sejam mantidos os Orçamentos comunitários, para sustentar a legítima contribuição dos Fundos Comunitários às regiões espanholas. Essa continuidade é essencial, porque a agricultura e as exportações agrícolas representam um dano potencial recorrente a todas as regiões espanholas.

MAIS INFORMAÇÕES