Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Assim funciona ‘Know Your Meme’, a enciclopédia dos memes na internet

Foram criadas técnicas de busca na internet para encontrar as histórias por trás dos memes

‘Know Your Meme’
Cuca, o meme brasileiro mais internacional de 2017

De onde vem o meme? E para onde ele vai? Responder a essa grande questão existencial é o trabalho realizado nos escritórios do Know Your Meme. Brad Kim (Seul, 1987), o editor-chefe do site que se dedica a rastrear a origem, a divulgação e o significado dos memes mais compartilhados nas redes conta que depois de tanto tempo trabalhando com o humor, uma das consequências é a insensibilidade a algumas piadas. “Quando alguém ri, todos paramos o que estamos fazendo e vamos ver o que é, porque sabemos que nosso riso é um indicador de que esse meme será um sucesso”, comenta o editor ao EL PAÍS.

Know Your Meme foi um dos primeiros sites criados para discutir e organizar conteúdo viral em 2007, fundado por Andrew Baron e Kenyatta Cheese.

Técnicas para encontrar o humor viral na internet

Apesar de seu trabalho parecer trivial para algumas pessoas, tentar classificar os conteúdos que ditam as tendências nas redes sociais implica um trabalho árduo. “Aperfeiçoamos um método e até começamos um manual. A maior parte inclui técnicas para usar o Google, mas nós fazemos isso com termos muito mais precisos, o que torna as coisas mais fáceis para nós”, afirma Kim, que trabalha com 14 pessoas especialistas em memes. “É preciso fazer várias buscas e encontrar as palavras-chave.”

Assim funciona ‘Know Your Meme’, a enciclopédia dos memes na internet

O site se tornou uma referência para encontrar a origem e o significado de milhares de memes e conteúdo viral, considera o próprio Kim. Desde sua origem em 2007 e com a chegada de Kim ao escritório em 2009, a equipe editorial teve de refinar técnicas de pesquisa documental que não se aprendem normalmente nas escolas de jornalismo. “Há histórias muito grandes que nos exigem às vezes um mês de pesquisa, sobretudo quando se trata de conteúdo muito local”, conta.

O meme favorito de Kim exemplifica uma imagem muito popular, mas que também exige um alto esforço de pesquisa: trata-se do namorado distraído, o que implicou não só encontrar a fotografia em um banco de imagens, mas a revisão de várias notas jornalísticas para chegar à história completa. A foto é de um fotógrafo espanhol.

Meme com o presidente brasileiro Michel Temer.
Meme com o presidente brasileiro Michel Temer.

“O fator mais interessante desse meme é que a piada era muito engraçada e previsível, mas tão universal que até agora detectamos piadas locais em 15 idiomas e com certeza há mais circulando. É muito compartilhado”, diz Kim. Para encontrar imagens como esta, o uso do Google Reverse Search Images, uma ferramenta que permite encontrar fotografias semelhantes na Internet carregadas antes, foi fundamental. O próprio site e seus redatores também estão trabalhando em um guia de instruções de busca especializada em memes, que incluiria também um algoritmo próprio, mais ainda está em fase de desenvolvimento.

Apesar de o líder da equipe afirmar que se tratam de processos longos e tediosos, melhorar as técnicas torna mais fácil o trabalho. “Temos uma espécie de Radar Know Your Meme que não é mais do que uma lista de fóruns e sites nos quais as pessoas discutem esses temas”, afirma. “Todos os dias temos de começar consultando esses sites.”

A metodologia de classificação também é fundamental, sobretudo quando a vida de um meme é longa. Por exemplo, as brincadeiras em torno da figura da Cuca, personagem do Sítio do Picapau Amarelo, programa infantil exibido pela Rede Globo nos anos 2000, gerou diversas buscas em 2017. Desde sua viralização, segundo a entrada no Know Your Meme, houve um crescimento nas estatísticas, o que faz com que os redatores atualizassem a informação de sua base de dados.

A personagem da novela ‘Maria do Bairro’ é usada em vários lugares além do México.
A personagem da novela ‘Maria do Bairro’ é usada em vários lugares além do México.

“Uma vez que se tem a palavra-chave para identificar um meme, o melhor é criar uma linha do tempo”, explica Kim. “Se é um meme muito famoso ou compartilhado, é provável que seja necessário usar até 30 janelas no navegador para encontrar sua origem e conseguir classificá-lo.”

Alguns dos exemplos mais virais também fazem parte da biblioteca do mais procurado e mais viral deste site.

Os memes de ‘Pun Dog’ (cachorro humorista), ‘Confused Nick Young’ (Nick Young confuso) e do One-Punch Man estão na biblioteca dos memes mais compartilhados do KYM.
Os memes de ‘Pun Dog’ (cachorro humorista), ‘Confused Nick Young’ (Nick Young confuso) e do One-Punch Man estão na biblioteca dos memes mais compartilhados do KYM.

Como fazer um meme de sucesso?

Para Kim, há três chaves que definem o sucesso de um meme, além do humor.

“O primeiro é o que chamo de fator ambiental, o contexto no qual se localizará e o ciclo de notícias que o acompanha, os elementos da cultura pop que atinge, como programas de televisão ou personagens”, diz. “O segundo é a qualidade do meme e em terceiro lugar está a temporalidade: a química entre esses três elementos é o que faz com que um conteúdo se torne viral”, aconselha.

Como identificar o verdadeiramente viral?

Nem tudo que provoca riso é compartilhado com sucesso. Há oito anos liderando a equipe, Kim diz ter o olho já bem treinado para encontrar conteúdos que são virais e classificá-los. “Se uma figura pública demonstra raiva ou rejeição a um meme é quase certo que se tornará viral”, afirma.

Além das referências à cultura pop, a mistura de humor e política também representa uma vasta produção de conteúdo. “Mas não há nada como Donald Trump”, diz Kim. “Ele sozinho tem mais de cem entradas de diferentes memes verificados em nosso site”, diz.

Esta foto de Trump em novembro de 2017 gerou uma nova onda de memes sobre o presidente norte-americano.
Esta foto de Trump em novembro de 2017 gerou uma nova onda de memes sobre o presidente norte-americano.

Outros governantes como Justin Trudeau, do Canadá, ou Enrique Peña Nieto, do México, também têm entradas, mas nem todo conteúdo produzido sobre eles chega a ser viral – na verdade, é compartilhado apenas por breves períodos de tempo, enquanto que os de Trump costumam ter vida mais longa ou maior alcance nas redes. “Nos faz pensar nisso como um fenômeno totalmente novo, em como políticos e governantes em cada país se tornam eles mesmos uma máquina de memes”, afirma.

Por que rastrear um meme?

É uma pergunta que o editor dessa enciclopédia virtual de memes não para de se fazer. Kim se formou na faculdade de jornalismo da Universidade de Nova York e se especializou em política. Ao concluir sua graduação em 2009, a crescente cultura de compartilhar memes nas redes sociais o levou a ser editor-chefe desse site. “Comecei com uma curiosidade pessoal, sempre tive um espírito guiado pelos preceitos do jornalismo que me motivaram a encontrar uma forma de organizar a informação em torno de algo que é engraçado”, conta.

MAIS INFORMAÇÕES