O café da manhã na Tiffany já está disponível e não apenas para a Bonequinha de Luxo

A rede de joalherias inaugura um café em sua icônica loja da Quinta Avenida de Nova York que deu nome ao famoso filme

A loja da Tiffany em Nova York.
A loja da Tiffany em Nova York.
Mais informações

Há poucas cenas do cinema tão glamorosas como a interpretada por Audrey Hepburn no início de Bonequinha de Luxo. Nela se vê a atriz descendo de madrugada de um táxi amarelo na Quinta Avenida, com um vestido preto justo, luvas e um colar de pérolas descansando sobre os ombros. Aproxima-se da vitrine da joalheria Tiffany sem tirar os óculos de sol e retira um croissant de um pequeno saco de papel.

A partir desta sexta-feira já será possível tomar o café da manhã entre diamantes dentro da Tiffany. A rede inaugura seu primeiro restaurante na icônica loja que está ao lado da Trump tower. Chama-se The Blue Box Café e fica no quarto andar, decorada com o azul característico da empresa. Nesse patamar se encontram os artigos para casa e acessórios. “É a janela para a nova Tiffany”, explica Reed Krakoff, diretor artístico.

Audrey Hepburn em uma cena do filme ‘ Bonequinha de Luxo'.
Audrey Hepburn em uma cena do filme ‘ Bonequinha de Luxo'.GTRESONLINE

É na realidade um experimento para atrair clientes. A Tiffany, como outras redes no ramo varejista, tem um enorme problema de fluxo de visitantes que afeta suas contas. As novas gerações não demonstram tanto interesse pelas joias porque preferem gastar o dinheiro na experiência do momento mais do que em algo que vão usar somente em uma ocasião especial. A Apple, por exemplo, já fala de suas lojas como se fossem praças.

O local oferece um café da manhã ao qual a senhorita Holly Golightly não teria resistido. O menu para começar o dia inclui café ou chá, um croissant com Nutella, manteiga de mel, geleia, frutas da temporada, ovos trufados, waffles e salmão defumado, e custa 29 dólares (95 reais). O almoço sai por 39 dólares (128 reais). A seleção de doces e chás vale 49 dólares (160 reais). As opções mudam conforme a época. Também há uma carta que inclui torradas com abacate para veganos.

Do restaurante se vê o Central Park, que fica a apenas duas ruas da loja. Trata-se do primeiro grande projeto de Krakoff desde que assumiu a direção artística da empresa em janeiro, para renovar sua imagem. “O novo espaço busca criar uma experiência moderna de luxo”, diz, consciente de que a Tiffany, conhecida no mundo todo pela simplicidade de seu design, é na realidade um estilo de vida.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: