TERREMOTO NO MÉXICO

Escola no México desaba após terremoto e 37 pessoas morrem, entre crianças e professores

32 crianças e cinco professores morreram na queda do edifício após o tremor de magnitude 7,1

Voluntários e trabalhadores do resgate procuram por crianças na escola Enrique Rebsamen.
Voluntários e trabalhadores do resgate procuram por crianças na escola Enrique Rebsamen.Gerardo Carrillo (AP)

Mais informações

Uma escola no sul da Cidade do México desmoronou nesta terça-feira após o terremoto de magnitude 7,1 que atingiu o centro do México. Dezenas de crianças ficaram entre os escombros. Ao menos 32 alunos e cinco professores morreram, segundo informou o subsecretario de Educação Pública, Javier Treviño, aos veículos de imprensa locais. Também há ao menos 30 desaparecidos pela queda da escola Enrique Rebsamen, na região de Coapa, para onde se deslocou o presidente do país, Enrique Peña Neto, e o chefe de Governo da Cidade do México, Miguel Ángel Mancera.

Uma multidão de voluntários deslocou-se até o local, onde também estão 500 membros do Exército e da Marinha, bem como 200 da Proteção Civil, que buscam sobreviventes do terremoto entre os escombros. Entre os resgatados há 13 crianças e cinco adultos.

As autoridades solicitaram que mais de 200 pessoas se retirassem da área para facilitar os trabalhos de resgate e retirada dos escombros. Além disso, solicitaram que os voluntários parem de chegar para ajudar no resgate e que se doem materiais para cortar ferro e concreto. Os menores foram levados a hospitais da cidade. Quatro estudantes da Universidade Técnica de Monterrey, do campus da Cidade de México, morreram e outros 40 estão feridos, segundo informou a universidade. Membros da Marinha e outras forças de segurança realizam trabalhos de resgate nos edifícios do centro educativo.

Mais de 200 escolas da Cidade de México também foram afetadas pelo terremoto, 15 delas com danos severos. No Estado de Povoa são 117 os colégios que sofreram as consequências do tremor.

As aulas foream suspensas nesta quarta-feira nos Estados de Hidalgo, Estado do México, Cidade do México, Morelos, Povoa, Guerreiro, Tlaxcala e Michoacán.