Angelina Jolie

Maddox Jolie-Pitt: “Minha mãe é maravilhosa”

O filho mais velho de Jolie e Brad Pitt fala pela primeira vez sobre seu trabalho no último filme da mãe

Maddox Jolie-Pitt e Angelina Jolie, em 11 de setembro, na estreia de ‘First They Killed My Father’ no Festival de Toronto
Maddox Jolie-Pitt e Angelina Jolie, em 11 de setembro, na estreia de ‘First They Killed My Father’ no Festival de TorontoJ. Merritt (WireImage)

MAIS INFORMAÇÕES

Pouco depois de Hollywood perder um de seus casais mais sólidos, foram muitos os veículos de comunicação que informaram que um dos motivos do rompimento de Brad Pitt e Angelina Jolie teria sido uma calorosa discussão, a bordo de um jato particular, entre o ator e seu filho mais velho, Maddox. Foram acusações de agressão que fizeram até mesmo com que o departamento de assistência social de Los Angeles e o FBI abrissem uma investigação para esclarecer os fatos – e que não resultou em nada. Às vésperas de se completar um ano da separação de Brangelina, Maddox Jolie-Pitt, de 16 anos, falou pela primeira vez com um órgão da imprensa. Ainda que de sua boca não tenha saído nem uma só vez o nome de seu pai, ele aproveitou a entrevista para falar maravilhas de sua mãe.

“[Minha mãe] é divertida. É fácil de trabalhar com ela. É maravilhosa”, disse o jovem à revista People, que traz Angelina estampada em sua capa. Maddox fala na qualidade de produtor do novo filme de sua mãe. Adotado pela atriz em 2002 no Camboja, o filho mais velho da também diretora trabalhou em First They Killed My Father, uma adaptação do livro Primeiro Mataram Meu Pai (Harper Collins), as memórias de Loung Ung durante a ditadura do Khmer Vermelho em seu país, em uma co-produção do Netflix. Maddox atuou como produtor executivo, participando de reuniões e revisando o material rodado. Pax, seu irmão de 13 anos também adotado no país asiático, foi assistente de fotografia durante as filmagens.

Angelina Jolie com os filhos Maddox (à esquerda) e Pax, durante o fim de semana, em Nova York
Angelina Jolie com os filhos Maddox (à esquerda) e Pax, durante o fim de semana, em Nova YorkPatricia Schlein/Star Max (GC Images)

“Tentei ajudar no que pude”, afirma o mais velho sobre seu trabalho – a primeira vez que se envolve em um projeto cinematográfico de sua mãe. Angelina Jolie contou que foi seu filho, que também se ofereceu para ajudar na elaboração do roteiro, que a incentivou a fazer esse filme sobre o país de origem do rapaz. “Mad se conhece à perfeição e se ele disse que estava preparado [para trabalhar] é porque estava”, contou Jolie à revista. Um trabalho para o qual passou vários meses no Camboja. E o que mais gostou de seu país-natal foram as pessoas: “São tranquilas, relaxadas e quando querem fazer algo maluco, fazem. São parecidas comigo de certa maneira. Tenho orgulho de ser cambojano”, diz à People. “Maddox trabalhou duro”, disse Jolie sobre o trabalho de seu filho ao The Guardian.

Angelina Jolie com os seis filhos e os protagonistas de seu último filme.
Angelina Jolie com os seis filhos e os protagonistas de seu último filme.George Pimentel (WireImage)

Terminado o filme e em plena promoção, Maddox, assim como seus cinco irmãos, acompanhou a mãe durante sua primeira aparição pública no Camboja após um ano de ausência depois da separação. E tem sido assim em cada uma das estreias que vieram em seguida, como em Toronto e em Nova York.

Em sua parte da entrevista, o jovem não faz menção alguma a seu pai, Brad Pitt. Segundo as últimas informações Angelina e o ator ainda não fecharam um acordo definitivo sobre a custódia de seus seis filhos. Enquanto são vistos sozinhos com a mãe – a quem também acompanham nos tapetes vermelhos -, desde a separação não há nenhuma foto em que apareçam ao lado de Brad Pitt, que os vê apenas em visitas supervisionadas.