Seleccione Edição
Login

Instagram Stories comemora primeiro ano e destaca participação de brasileiros

A cantora Anitta puxa o sucesso da maior ferramenta do Facebook para aniquilar o Snapchat

Instagram Stories Ampliar foto
O Instagram Stories completa um ano. Getty Images

No Vale do Silício, tudo é decidido com os números nas mãos. As medições são sagradas. Considerando as do Instagram, o sucesso é indiscutível. O Instagram Stories tem hoje 700 milhões de usuários no mundo inteiro, 250 milhões dos quais o utilizam diariamente. O ranking de cidades é liderado por Jakarta, São Paulo e Nova York. E a cantora brasileira Anitta puxa o sucesso como a maior produtora de conteúdo da plataforma. Se se pensar que o Instagram fez tudo isso sem ter inventado nada, a polêmica está instalada. O aplicativo de maior crescimento do mundo, parte do universo Facebook, comemora o primeiro ano de criação do Stories, uma opção que conseguiu gerar uma relação mais constante com os usuários e, de quebra, diminuir o interesse no concorrente que inventou essa fórmula de comunicação efêmera, o Snapchat.

Mark Zuckerberg quis comprar o Snapchat. Chegou a oferecer 9 bilhões de dólares (28 bilhões de reais). Seu fundador, Evan Spiegel, estudante que deixou Stanford para se dedicar a seu projeto, manteve-se firme e conseguiu levar adiante a ideia. Até conseguiram ser cotados na bolsa em abril, um marco que foi o começo do declínio.

Nem o lançamento dos óculos Spectacles, nem o fato de contar com famosos de Los Angeles, contiveram a sangria, mal chegam aos 250 milhões de usuários ativos por mês e a ação luta para passar dos 20 dólares. O preço da ação, teoricamente, não afeta os usuário, mas poderá ser percebido em pouco tempo. Nas empresas de tecnologia é habitual distribuir aos funcionários opções de compra da empresa a um preço preferencial em troca de quatro anos de fidelidade. Com uma valorização inferior ao preço de compra é normal que comecem a sentir-se menos presos e procurem empregos em outros projetos.

Mark Zuckerberg quis comprar o Snapchat. Chegou a oferecer 9 bilhões de dólares

No aniversário de um ano do lançamento do Stories, abertamente inspirado no Snapchat, o Instagram relembra suas conquistas. Em outubro chegaram a 100 milhões de usuários diários. Em novembro acrescentaram a opção de marcar outros usuários ou pôr links. Os stickers (adesivos) com a hora, a temperatura e a localização chegaram em dezembro, ao mesmo tempo que permitiram pôr várias linhas de texto, usá-lo no modo “mãos livres” e a opção de guardar uma cópia no celular.

Vamos cantar? Show hoje para a @renaultbrasil com meu amor @gilbertogil

Uma publicação compartilhada por anitta 🎤 (@anitta) em

Os anúncios chegaram em janeiro de 2017, quando os usuários ativos diários já somavam 150 milhões. Os adesivos baseados na localização estrearam em Nova York e Jakarta, em março. Um mês depois incluíram Chicago, Londres, Madri e Tóquio, algumas das cidades mais ativas. Ao mesmo tempo, superaram os 200 milhões de usuários ativos diários.

Em maio desferiram um novo golpe contra o Snapchat, enfim ofereciam máscaras. Com o verão ultrapassaram a barreira dos 250 milhões de usuários. Meta alcançada, o Instagram Stories, uma modificação dentro de um aplicativo, ganhava em atividade do rival que copiou. Zuckerberg se deu bem. Spiegel não vendeu seu aplicativo e agora sofre as consequências de competir com um gigante.

Este produto de conteúdo efêmero tem 700 milhões de usuários no mundo inteiro, 250 milhões dos quais o utilizam diariamente

Para marcar o aniversário, o Instagram divulgou alguns dos truques que ajudam a aproveitar melhor o Stories. Muitos não sabem, por exemplo, que é possível responder com uma foto ou um vídeo pressionando o botão da câmera enquanto se assiste ao vídeo.

Dá para criar um efeito, habitualmente muito cômico, de voltar a imagem apertando o botão rewind. A opção de zoom é acionada pressionando o círculo de vídeo e depois deslizando o dedo para cima. O Instagram reserva alguns truques, denominados “ovos de páscoa” no jargão, para que os usuários descubram.

Locais que mais produzem Stories no mundo:

1. Jacarta, Indonésia

2. São Paulo, Brasil

3. Nova York, EUA

4. Londres, Reino Unido

5. Madri, Espanha

Maiores produtores de conteúdo:

1. Anitta

2. Chiara Ferragni (blogueira dos EUA)

3. Anastasia Beverly Hills (marca de maquiagem)

4. Lucas Lucco

5. Claudia Leitte

6. Ivete Sangalo

7. Jessica Iskandar (modelo da Indonésia)

8. Buzova86 (cantora da Rússia)

9. Wesley Safadão

10. Laudya Cynthia Bella (cantora da Indonésia)

Hashtags mais populares:

  1. #GOODMORNING
  2. #WORK
  3. #GOODNIGHT
  4. #MOOD
  5. #HAPPYBIRTHDAY
  6. #TBT
  7. #LOVE
  8. #HOME
  9. #BOMDIA
  10. #RELAX

MAIS INFORMAÇÕES