Seleccione Edição
Login

Morre o rapper Prodigy, do duo Mobb Deep

O cantor, de 42 anos, morreu depois de ter sido hospitalizado devido a uma doença sanguínea

Prodigy
Prodigy durante um show na Suíça, em 2016. EFE

Albert Johnson, conhecido como Prodigy, morreu em Las Vegas (EUA) aos 42 anos. O rapper, nascido em Heampsted, Nova Jersey, formou o duo Mobb Deep ao lado de Havoc. Prodigy morreu de complicações relacionadas a uma doença hematológica que sofria desde o nascimento. Havia sido hospitalizado dias atrás, depois de um show do Mobb Deep em Las Vegas.

Mobb Deep começou na dura Nova York do início dos anos noventa, quando o hip-hop –hoje um império bilionário onipresente no mercado musical– ainda era um rap cru, música de rua, de gangues, violência, tiros, ritmo sincopado dos anos do crack e dos tiroteios. Lançaram seu primeiro álbum em 1993: Juvenille Hell (Inferno Juvenil). Em 1995 lançaram o primeiro álbum de grande sucesso, The Infamous (Os Infames) e em 1996 outra joia do gangsta rap, Hell on Earth (Inferno na Terra). Depois da separação, em 2012, Prodigy e Havoc, um duo histórico de rappers, voltaram a trabalhar juntos em 2013 para fazer shows; o último, o de Las Vegas.

Havoc se despediu hoje de seu parceiro artístico e de tempos conturbados com uma foto de Prodigy com seu aspecto rude, charuto na boca, lenço na cabeça, roupas largas e joias. Juntos, lançaram oito álbuns. Prodigy também lançou trabalhos solo colaborando com outros produtores. Seu álbum individual mais recente é The Hegelian Dialecta (A Dialética Hegeliana), lançado em janeiro.

MAIS INFORMAÇÕES