Google

Ações do Google superam a barreira dos 1.000 dólares

Gigante da tecnologia se consolida como segunda maior empresa em Wall Street depois da Apple

Logotipo de Google em uma loja de Los Angeles (EUA).
Logotipo de Google em uma loja de Los Angeles (EUA).Lucy Nicholson (REUTERS)

O Google entrou nesta segunda-feira no seleto clube das empresas de capital aberto cujas ações valem mais do que 1.000 dólares (3.293 reais) por título. A subsidiária da Alphabet realiza a façanha uma semana após a Amazon, que também começou a semana com máxima recorde. Assim, o gigante do setor de tecnologia se consolida como a segunda maior companhia, considerado o valor de mercado, na bolsa de Wall Street.

Mais informações

Até a semana passada, o portal de viagens Priceline era a única empresa no S&P 500 cujas ações eram vendidas a um preço de quatro dígitos. A Amazon juntou-se a ela na terça passada, com o Google logo atrás. Há uma quarta companhia que se aproxima desse limiar, a Intuitive Surgical, especializada em equipamentos de robótica para medicina e cujas ações são negociadas a 920 dólares (3.026 reais).

Os papéis da Alphabet, que conservam o nome do Google no ticker que a identifica no pregão, subiram 25% no primeiro semestre. Com esse preço, seu valor de mercado gira em torno de 680 bilhões dólares (2,2 trilhões de reais). A empresa estreou na bolsa em 19 de agosto de 2004. Só a Apple a supera, com 800 bilhões de dólares (2,6 trilhões) de capitalização de mercado.

A Amazon, por sua vez, teve uma valorização de 35% durante o ano, atingindo uma capitalização que gira em torno de 480 bilhões de dólares (1,56 trilhão), o dobro da rede Walmart. É a quarta mais bem cotada, atrás da Microsoft. Essa escalada das duas firmas é outro reflexo do domínio das empresas da nova economia em Wall Street. O Facebook completa o grupo de liderança no pregão de Nova York.

Altos preços

Com esses valores, no entanto, é complicado que um investidor comum seja tentado a comprar ações. A possibilidade de uma participação das ações foi tema de debate durante as intervenções na última reunião geral de acionistas da Amazon. Jeff Bezos disse que não planeja lançar mão do split [desdobramento] atualmente. Da última vez, isso foi feito em 1999. O caso do Google é mais recente: 2014.

Esse preço tão alto poderia ter outro inconveniente técnico. As duas empresas operam na Nasdaq e fazem parte do índice S&P 500. Se algum dia quiserem entrar no Dow Jones, contudo, serão obrigadas a fracionar o valor da ação porque seu peso no índice será excessivo e qualquer movimento nas suas ações terá um efeito desproporcional no conjunto.

A Apple, de fato, entrou no índice de referência de Wall Street semanas depois de dividir por quase sete o preço de suas ações, de 620 dólares (2.040 reais) para 92 dólares (300 reais) a unidade. Goldman Sachs é a companhia que tem neste momento o valor mais alto por ação entre as 30 que integram o Dow Jones. Mas seu valor de mercado é muito menor: 220 bilhões de dólares (724 bilhões de reais).