Aplicativo FaceApp ‘branqueia’ os usuários para torná-los “mais sexy”

Surgem críticas porque o filtro para parecer mais 'sensual’ clareia o tom da pele e elimina os óculos

O efeito do filtro do FaceApp para se ver mais 'sexy'.
O efeito do filtro do FaceApp para se ver mais 'sexy'.Twitter
Mais informações

O aplicativo FaceApp, que permite ao usuário modificar fotos do rosto para ficar sorridente ou com um aspecto envelhecido, foi acusado de racismo porque seu filtro para parecer mais sexy branqueia a pele. Os criadores do app para celulares enviaram um pedido de desculpas pelo que consideraram “um efeito secundário infeliz” da tecnologia utilizada nos filtros.

Vários usuários negros postaram nas redes sociais imagens que mostram como esse filtro branqueou a pele deles. “Então, baixei esse app e decidi utilizar o filtro sexy sem saber que me tornaria branco. É 2017, por favor, pessoal!”, escreveu Shahquelle L., um rapaz de 21 anos. "#faceapp não só é ruim, é também racista. O filtro sexy = branquear minha pele e fazer de meu nariz sua opinião do que é europeu. Não, obrigado, #desinstalado", se queixou Terrance AB Johnson, de Seattle, EUA.

O aplicativo, lançado em janeiro, oferece várias possibilidades para modificar o rosto. Uma opção é colocar um sorriso em quem está sério, outra permite saber como um homem seria se fosse mulher, ou uma mulher se fosse homem. Também há filtros que rejuvenescem ou envelhecem quem aparece na tela.

Uma usuária canadense que testou vários desses filtros constatou que a opção para parecer mais sexy lhe tirava os óculos e também tornava mais pálida a sua pele, que já é branca. “Simplesmente esquisito”, avaliou em sua conta do Twitter, @Caitofthenorth.

A rede britânica BBC contatou o executivo-chefe e fundador da empresa que lançou o aplicativo, Yaroslav Goncharov, que pediu desculpas. “Estamos profundamente arrependidos por esta questão inquestionavelmente grave”, escreveu em um comunicado. O desenvolvedor afirmou se tratar de “um efeito secundário infeliz da rede neural”, o tipo de inteligência artificial que o aplicativo utiliza para remodelar os rostos fundindo diferentes características faciais.

O FaceApp decidiu renomear o efeito, que passou de hot (sinônimo de sexy) para spark (faísca), mas continua aplicando o branqueamento da pele.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: