O deputado que tentou salvar o policial apunhalado

O conservador Tobias Ellwood procurou reanimar o agente com massagem cardíaca, mas não conseguiu

O deputado Tobias Ellwood tenta reanimar o agente ferido, nesta quarta-feira, em Londres.
O deputado Tobias Ellwood tenta reanimar o agente ferido, nesta quarta-feira, em Londres.S. Rousseau (AP)
Mais informações

Tobias Ellwood transformou-se num dos heróis do atentado de Londres desta quarta-feira. O deputado conservador tentou reanimar, sem sucesso, o agente que foi apunhalado na porta do Palácio de Westminster. A respiração boca a boca e a massagem cardíaca não conseguiram salvar o policial. Imagens feitas pelo fotógrafo Stefan Rousseau, da Associated Press, imortalizaram um Ellwood inconsolável e manchado de sangue ao perceber que já não havia nada a fazer.

Usando um veículo 4x4, o agressor atropelou várias pessoas que caminhavam pela ponte de Westminster, antes de tentar entrar na sede do Parlamento e atacar, com uma faca de cozinha, o agente de segurança que morreu pouco depois. Ellwood esperou a chegada da ambulância, ao lado de policiais, antes de voltar a entrar em Westminster.

O deputado Tobias Ellwood, nesta quarta-feira, diante do Palácio de Westminster.
O deputado Tobias Ellwood, nesta quarta-feira, diante do Palácio de Westminster.Stefan Rousseau (AP)

Ellwood, que serviu no Exército britânico entre 1991 e 1996, foi eleito pela primeira vez nas eleições gerais de 2005. Seu irmão Jonathan havia morrido nos atentados de Bali de 2002, quando a explosão de um carro-bomba em frente a uma boate matou mais de 200 pessoas.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: