verne

Cerveja Corona e outras cinco marcas criticam o muro de Trump

Comercial ‘América é Grande’, em referência ao slogan do presidente, é o exemplo mais recente

Make America Great Again (“Faça a América Grande Outra Vez”) foi o slogan da campanha presidencial de Donald Trump, que o manteve em seus primeiros dias na Casa Branca. A frase, ainda que possa ser confusa mesmo para alguns de seus simpatizantes, tornou-se um dos lemas políticos mais memoráveis dos Estados Unidos. A marca de cerveja Corona aproveitou isso para fazer a sua própria campanha. Com o hashtag #AméricaesGrande, o fabricante lançou um comercial dizendo que a Trump que a América não é um país, mas um continente inteiro. O vídeo, publicado na semana passada, supera seis milhões de visualizações no YouTube.

Sob o slogan Desfronterízate (algo como “Deixe a noção de fronteira”), a marca também publicou vários comerciais com referências a Donald Trump e seu plano de construir um novo muro entre os EUA e o México. Um deles, protagonizado por Diego Luna, registra mais de 13 milhões de reproduções no Facebook desde 25 de novembro. “Todos ficamos incomodados com o muro que querem construir, mas também deveriam nos incomodar os muros que temos aqui”, diz o ator, convidando os mexicanos a acabar com os preconceitos e crenças que limitam o potencial do país.

Outras marcas mexicanas e globais também focaram suas propagandas publicitárias em Trump e no muro fronteiriço. A Coca-Cola lançou uma campanha nos EUA, no final de 2015, que consistia em colocar sobrenomes latinos nas latas de refrigerante, algo que a empresa fez no México alguns anos antes. No anúncio para promover a campanha, vários norte-americanos com sobrenome latino falam sobre o orgulho que sentem de sua identidade.

No comercial da companhia aérea Aeroméxico de maio de 2016, uma voz em off fala sobre o perigo de criar fronteiras físicas ou ideológicas.

A marca de câmeras 360fly fez uma paródia de Trump dando um discurso com o muro atrás de si. Nem ele nem seus simpatizantes percebem que os mexicanos encontraram várias maneiras de burlar a estrutura. “Adote uma visão mais ampla”, diz a frase que conclui o comercial.

A cerveja Tecate publicou outro anúncio em setembro, no qual um grupo de norte-americanos e outro de mexicanos tomam juntos numa zona fronteiriça, ignorando uma separação de concreto entre ambos.

Em outubro de 2016, a marca de refrigerantes Jarritos fez um anúncio, também em colaboração com Diego Luna, sobre a importância dos migrantes nos EUA. O comercial atingiu um milhão de reproduções no Facebook na semana de publicação.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete
O mais visto em ...Top 50