Seleccione Edição
Login

México extradita ‘El Chapo’ Guzmán para os Estados Unidos

O chefe do cartel de Sinaloa estava detido em uma prisão de Ciudad Juárez, em Chihuahua

Imagen de El Chapo Guzmán en una celda de la cárcel de El Altiplano difundida en Twitter por el periodista Carlos Loret de Mola
Imagem de El Chapo Guzmán em cela da prisão de El Altiplano divulgada no Twitter pelo jornalista Carlos Loret de Mola

Joaquín El Chapo Guzmán deixou o México. O violento líder do cartel de Sinaloa enfrentará agora justamente aquilo que mais temia: ser julgado nos Estados Unidos. O Governo mexicano confirmou que o chefe do narcotráfico foi extraditado para os EUA, onde será alvo de vários processos em tribunais da justiça do Texas e da Califórnia. Assim terminou a relação do México com seu prisioneiro 3192, que se tornou uma verdadeira dor de cabeça para o Estado depois de ter escapado duas vezes de prisões de segurança máxima.

O Ministério das Relações Exteriores informou quinta-feira à tarde que a o Quinto Tribunal Colegiado em Matéria Penal da Cidade do México negou uma liminar a Guzmán Loera. A defesa do traficante havia optado por uma uma estratégia legal que pretendia evitar a possível extradição com base em uma decisão de 20 de Maio de 2016. A decisão do tribunal considera que "não eram nem foram violados" direitos humanos do infrator no processo.

MAIS INFORMAÇÕES