Morre o dramaturgo norte-americano Edward Albee

Autor de ‘Quem Tem Medo de Virginia Woolf?’ foi premiado três vezes com o Pulitzer

Edward Albee na cerimônia anual dos prêmios Tony.
Edward Albee na cerimônia anual dos prêmios Tony.JEFF CHRISTENSEN (REUTERS)

Edward Albee será lembrado sempre pela maestria ao romper as regras dos bons modos, mostrando com seu humor amargo uma visão pungente da vida americana. O dramaturgo estadunidense, autor da célebre Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, morreu em sua casa em Long Island depois de sofrer uma breve doença. Três vezes premiado com o Pulitzer, ele tinha 88 anos de idade.

Mais informações

Sua carreira teatral começou com The Zoo-Story (A História do Zoológico) (1958), quando tinha 30 anos. Sua enigmática e mais aclamada obra chegaria quatro anos depois. Foi selecionada para o Pulitzer depois de estrear na Broadway. Mas o sucesso veio por via indireta com os múltiplos prêmios recebidos por Elizabeth Taylor na adaptação da peça para o cinema.

Mike Nichols levou Quem Tem Medo de Virgina Woolf? Ao cinema em 1966, com Richard Burton e Elizabeth Taylor liderando o elenco. A atriz ganhou o Oscar um ano depois. Albee, considerado um dos melhores dramaturgos dos Estados Unidos, recebeu o primeiro Pulitzer por A Delicate Balance (Equilíbrio Delicado), em 1967, que também foi levada ao cinema, com Katharine Hepburn e Paul Scofield como estrelas.

Albee ganhou outros dois Pulitzer com Seascape (Paisagem Marinha) em 1975, e Three Tall Women (Três Mulheres Altas), em 1994. O autor nasceu na Virgínia em 1928. Com duas semanas foi adotado por uma família em Nova York. Abandonou a casa quando ainda era adolescente. Albee integrou a geração de dramaturgos que incluía Tennessee Williams, Arthur Miller e Eugene O´Neill. A morte foi confirmada por seu assistente, Jakob Holder.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: