Prêmios Emmy

Indicados ao Emmy 2016: veja os nossos favoritos

Quem ganhará e quem deveria ganhar? Fazemos nossas apostas para os vencedores de domingo

‘Game of Thrones’, ‘The People Vs. O.J. Simpson’ e ‘Veep’.

A cerimônia será transmitida no Brasil pelo canal a cabo Warner, a partir das 20h. Mas, antes disso, fizemos as nossas apostas. Quem vai ganhar? Quem gostaríamos que ganhasse? Nossa votação foi feita por Eneko Ruiz Jiménez, Álvaro P. Ruiz de Elvira e Natalia Marcos.

Melhor série dramática:

The Americans

Better Call Saul

Downton Abbey

Game of Thrones

Homeland

House of Cards

Mr. Robot

(Vencedor do ano passado: Game of Thrones)

Ganhará: Game of Thrones. No ano passado, a série já se alavancou com o prêmio e abriu caminho para que este ano entre na disputa como franca favorita. A sexta temporada, uma das mais emocionantes até o momento, tem um dos melhores capítulos de todo o seriado, A Batalha dos Bastardos, que por si só já justificaria o prêmio.

MAIS INFORMAÇÕES

Gostaríamos que ganhasse: The Americans (dois votos) ou Game of Thrones (um voto). A série de espionagem finalmente conseguiu ser incluída entre os indicados a melhor drama. Não parece que tenha muitas chances reais de vencer, mas merece. Há anos, o seriado está infiltrado em nossa vida sem fazer barulho e agora está na hora de ela se revelar e chegar a mais telespectadores. Mas Game of Thrones também merece o prêmio, em uma das disputas mais enfadonhas dos últimos anos.

Melhor ator em série dramática

Kyle Chandler (Bloodline)

Rami Malek (Mr. Robot)

Bob Odenkirk (Better Call Saul)

Matthew Rhys (The Americans)

Liev Schreiber (Ray Donovan)

Kevin Spacey (House of Cards)

(Vencedor do ano passado: Jon Hamm)

Ganhará: Três votos, três opções: Kevin Spacey, Rami Malek e Matthew Rhys. Em comparação com o ano passado, em que era praticamente certa a vitória de Jon Hamm após anos de tentativas, desta vez tudo pode acontecer. Spacey ainda não ganhou nenhum Emmy por dar vida a Frank Underwood e parece contar com o apoio da indústria e do público (apesar de talvez este não ter sido seu melhor ano). Malek é um dos nomes do momento e poderia levar o prêmio dos veteranos que competem com ele. E Matthew Rhys, também debutante na lista, tem méritos de sobra em The Americans para arrebatar o troféu.

Kit Harington, em 'Game of Thrones'.
Kit Harington, em 'Game of Thrones'.

Gostaríamos que ganhasse: Outra vez, divisão de opiniões. Nosso coração está com Kevin Spacey, Liev Schreiber e Matthew Rhys. Os três já dominam bem seus respectivos personagens. Para Spacey, além disso, seria um passo a mais em direção ao EGOT (conquista dos prêmios Emmy, Grammy, Oscar e Tony) – só lhe faltaria o Grammy.

Melhor atriz em série dramática

Claire Danes (Homeland)

Viola Davis (How To Get Away With Murder)

Taraji P. Henson (Empire)

Tatiana Maslany (Orphan Black)

Cena da quinta temporada de 'Veep'.

Keri Russell (The Americans)

Robin Wright (House of Cards)

(Vencedora do ano passado: Viola Davis)

Ganhará: Robin Wright (dois votos) ou Keri Russell (um voto). A atriz que dá vida a Claire Underwood é imprescindível na série, que decola quando ela entra em cena. Esta foi a temporada em que mais a deixaram fazer isso. Mas a espiã Elizabeth Jennings nos fez esquecer de vez que Keri Russell foi Felicity em uma vida passada.

Gostaríamos que ganhasse: Keri Russell (dois votos), Robin Wright (um voto). Por motivos muito parecidos ao já citados acima. Para nós, está claro que a disputa será entre as protagonistas de House of Cards e de The Americans. Viola Davis já teve seu prêmio no ano passado, Taraji P. Henson não o conseguiu com a primeira temporada de Empire e agora sua situação se complicou, e seria uma grande surpresa se a vitória fosse de Tatiana Maslany ou de Claire Danes.

Melhor ator coadjuvante em série dramática

Jonathan Banks (Better Call Saul)

Peter Dinklage (Game of Thrones)

Kit Harington (Game of Thrones)

Jeffrey Tambor, em 'Transparent'.
Jeffrey Tambor, em 'Transparent'.prisa

Michael Kelly (House of Cards)

Ben Mendelsohn (Bloodline)

Jon Voight (Ray Donovan)

(Vencedor do ano passado: Peter Dinklage)

Ganhará: Kit Harington ou Jon Voight. Vamos nos atirar numa piscina apostando no poder do episódio 9 da sexta temporada de Game of Thrones de dar a vitória a um ator tão insosso como Kit Harington. Não se verá nenhuma conquista assim nesta vida. Se ele não ganhar, Jon Voight poderá voltar a buscar o prêmio por seu papel de pai de Ray Donovan.

Gostaríamos que ganhasse: Michael Kelly ou Jonathan Banks. Talvez este ano, eles não estejam concorrendo com suas melhores temporadas (e se Banks não ganhou no ano passado, este ano a coisa se complica ainda mais). Mas seria uma maneira de reconhecer a trajetória de dois coadjuvantes de luxo.

Melhor atriz coadjuvante em série dramática

Emilia Clarke (Game of Thrones)

Lena Headey (Game of Thrones)

Maisie Williams (Game of Thrones)

Maggie Smith (Downton Abbey)

Maura Tierney (The Affair)

Constance Zimmer (UnReal)

(Vencedora do ano passado: Uzo Aduba)

Ganhará: Lena Headey. Este ano Game of Thrones quer tudo (e isso porque ainda nos restam duas temporadas...). O último capítulo e a terrível vingança de Cersei dará o Emmy a Headey. Isso se Maggie Smith não voltar para nos enfiar uma faca nas costas...

Gostaríamos que ganhasse: Lena Headey ou Maura Tierney. A primeira merece nem que seja apenas pelo glamour do final da temporada de Game of Thrones e a malícia do início do episódio. Mas Tierney fez uma ótima segunda temporada de The Affair, com um capítulo para que brilhasse completamente. Mas vejamos quem vai ser a bela que se atreve a arrebatar o prêmio em uma categoria com Cersei Lannister, Daenerys Targaryen e Arya Stark.

Cena de 'The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story'.

Melhor série cômica

Black-ish

Master of None

Modern Family

Silicon Valley

Transparent

Unbreakable Kimmy Schmidt

Veep

(Ganhadora do ano passado: Veep)

Ganhará: Veep. Consenso na escolha da comédia que achamos que ganhará. No ano passado já acabou com a série de prêmios para Modern Family, e agora é a sua vez de repetir. Em ano de eleições nos Estados Unidos, essa sátira do mundo político tem tudo a seu favor para levar o prêmio.

Gostaríamos que ganhasse: Veep (dois votos) e Silicon Valley (um voto). A primeira não perdeu impulso depois da saída do seu criador, Armando Ianucci. Inclusive se atreveu a ser mais rude que em outras vezes e deixou alguns dos capítulos mais brilhantes da série. Mas também temos um carinho especial por Silicon Valley e adoraríamos que fosse premiada algum ano.

Ator protagonista de comédia

Anthony Anderson (Black-ish)

Aziz Ansari (Master of None)

Will Forte (The Last Man on Earth)

William H. Macy (Shameless)

Thomas Middleditch (Silicon Valley)

Jeffrey Tambor (Transparent)

(Ganhador do ano passado: Jeffrey Tambor)

Ganhará: Jeffrey Tambor (dois votos) ou Thomas Middleditch (um voto). Tambor continua fabuloso na segunda temporada de Transparent, e sua vitória no ano passado facilita as coisas para acadêmicos que muitas vezes votam com o piloto automático ligado. Mas, se decidirem inovar, a opção mais plausível é Thomas Middleditch, que parece mimetizado em seu personagem de Silicon Valley. E cuidado com Anthony Anderson, que Black-ish este ano vem forte e poderia jogar bem sua cartada como opção familiar.

Gostaríamos que ganhasse: Will Forte, Thomas Middleditch ou Jeffrey Tambor. Um voto para cada um. Já falamos dos dois últimos. Mas ninguém faz o que faz Will Forte como Will Forte com roteiro de Will Forte. The Last Man on Earth já merece algo.

Atriz protagonista de comédia

Ellie Kemper (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Julia Louis-Dreyfus (Veep)

Laureie Metcalf (Getting On)

Tracee Ellis Ross (Black-ish)

Amy Schumer (Inside Amy Schumer)

Lily Tomlin (Grace and Frankie)

(Ganhadora do ano passado: Julia Louis-Dreyfus)

Ganhará: Julia Louis-Dreyfus. Três votos, sem discussão. É tão boa que ninguém pode com ela. A Meryl Streep do Emmy continua quebrando qualquer recorde imaginável e levaria seu sétimo prêmio como atriz, igualando-se a Mary Tyler Moore, Ed Asner e Allison Janney (que no domingo pode levar seu oitavo). Talvez a melhor atriz cômica de sua geração.

Gostaríamos que ganhasse: Julia Louis-Dreyfus e, para variar um pouco, Lily Tomlin, mesmo que só para vê-la subir ao palco.

Ator coadjuvante em comédia

Louie Anderson (Baskets)

Andre Braugher (Brooklyn Nine-Nine)

Titus Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Ty Burrell (Modern Family)

Tony Hale (Veep)

Matt Walsh (Veep)

Keegan-Michael Key (Key and Peele)

(Ganhador do ano passado: Tony Hale)

Ganhará: Tony Hale. O ator já tem dois Emmys por interpretar Gary Walsh e, como o Emmy gosta de ser conservador, tem muitas chances de voltar a subir ao palco. Além disso, é uma forma de reconhecer o grande grupo de coadjuvantes de Veep.

Gostaríamos que ganhasse: Tony Hale, também por eliminação, ou Louie Anderson. É a grande descoberta de Baskets. Sua mãe é insuportável, divertida, dramática... e sobretudo muito real.

Atriz coadjuvante de comédia

Anna Chlumsky (Veep)

Gaby Hoffmann (Transparent)

Judith Light (Transparent)

Allison Janney (Mom)

Kate McKinnon (Saturday Night Live)

Niecy Nash (Getting On)

(Ganhadora do ano passado: Allison Janney)

Ganhará: Anna Chlumsky ou Gaby Hoffmann. Vamos apostar na variedade e imaginar que não vão outra vez de Allison Janney. Chlumsky não teve muito com que brincar este ano, e mesmo assim esteve divertida como sempre. Hoffmann é uma aposta muito arriscada para um Emmy, mas quem sabe surpreende?

Gostaríamos que ganhasse: Anna Chlumsky ou Kate McKinnon, que atualmente é a alma do SNL e neste ano encarnou uma Hillary Clinton que nos fez esquecer a de Poehler. Só por isso mereceria o prêmio.

Melhor minissérie

American Crime

Fargo

The Night Manager

The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story

Roots

(Ganhadora do ano passado: Olive Kitteridge)

Ganhará: The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story. O ex-jogador de futebol americano e seu caso judicial foram protagonistas desta temporada televisiva nos Estados Unidos, primeiro com esta série antológica de Ryan Murphy e depois com a série documental O.J. Made in America. A ficção monopolizou boa parte da atenção midiática e crítica enquanto ia ao ar nos Estados Unidos, tornando-se um fenômeno e um candidato imediato ao Emmy.

Gostaríamos que ganhasse: American Crime ou Fargo. A primeira é uma das melhores séries do ano, mas talvez seja dura demais para o Emmy. A segunda conseguiu manter o nível da primeira temporada. Mas, insistimos, este é o ano de O.J.

Ator protagonista de minissérie ou telefilme

Cuba Gooding Jr. (The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story)

Bryan Cranston (All the Way)

Benedict Cumberbatch (Sherlock)

Idris Elba (Luther)

Tom Hiddleston (The Night Manager)

Courtney B. Vance (The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story)

(Ganhador do ano passado: Richard Jenkins)

Ganhará: Courtney B. Vance (dois votos) ou Cuba Gooding Jr. (um voto). Vance já merecia esta oportunidade e consegue transformar um personagem nada simpático na vida real em alguém a quem compreendemos mesmo sem apoiar. Embora Cuba Gooding Jr. também surpreenda aproximando O.J. Simpson do lado mais humano.

Gostaríamos que ganhasse: Courtney B. Vance ou Idris Elba. O primeiro rouba o protagonismo do próprio O.J. em sua série. Merece o prêmio que vai levar. O segundo nos agrada, e sempre gostamos de vê-lo no tapete vermelho, se possível ganhando prêmios.

Atriz protagonista de minissérie ou telefilme

Sarah Paulson (The People Vs. O.J. Simpson: American Crime Story)

Kirsten Dunst (Fargo)

Felicity Huffman (American Crime)

Audra McDonald (Billie Holiday: Lady Day at Emerson’s Bar and Grill)

Lili Taylor (American Crime)

Kerry Washington (Confirmation)

(Ganhadora do ano passado: Frances McDormand)

Ganhará: Sarah Paulson. Os três totalmente de acordo. Insistimos: é o ano de American Crime Story, e o prêmio de Paulson nos parece claro (e isso que o nível é tremendo nesta categoria: Kirsten Dunst, Felicity Huffman, Lili Taylor...). Marcia Clark é a alma da série, e Paulson é uma dessas atrizes televisivas que, depois de fazer de tudo na telinha, já merece um prêmio.

Gostaríamos que ganhasse: Sarah Paulson. Há outras que mereceriam o prêmio, mas ela vai ganhar e merece.

Arquivado Em: