Seleccione Edição
Login

Videogaleria | Fórum sobre paz na Colômbia analisa o futuro do país

O presidente da Colômbia e o presidente do grupo PRISA conversam sobre benefícios do fim da guerra

Juan Manuel Santos durante o foro 'Os benefícios da paz em Colômbia'

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o presidente do grupo PRISA, Juan Luis Cebrián, debateram, nesta quarta-feira, os benefícios do fim da guerra, no fórum ‘Os benefícios da paz na Colômbia’, organizado pela Fundação Bom Governo e o PRISA, com a colaboração do EL PAÍS, La W e Caracol Radio, em Bogotá. “Há se falado muito sobre o custo da guerra, mas não do custo da paz”, disse Cebrián a Santos. “A guerra custa mais do que a paz”, respondeu o presidente colombiano.

O diretor do EL PAÍS, Antonio Caño, abriu o evento na capital colombiana: “Não é uma paz fácil, nenhuma é”. “Estou convencido de que a paz na Colômbia será mais sólida quanto mais for debatida”, afirmou.

A especialista em processos sociais em conflito, Elisabeth Wood, comparou o processo de paz na Colômbia com as consequências da Guerra de Independência dos Estados Unidos. Afirmou que esta é uma oportunidade para reconstruir o país em uma sociedade mais justa. “Espero que não termine com uma reconstrução truncada, como em meu país”, concluiu.

César Gaviria, presidente da Colômbia de 1990 a 1994, analisa a situação do país no fórum. O ex-presidente disse: “Foi muito bom colocar na prisão por 20 ou 30 anos os senhores que cometeram delitos contra a humanidade”, e acrescentou: “mas a via militar estava esgotada”.

MAIS INFORMAÇÕES