Terrorista tinha “de um modo ou de outro” vínculo com os círculos jihadistas

Dezenas de pessoas morreram após serem atropeladas por caminhão durante os festejos do 14 de Julho

O caminhão que atropelou dezenas de pessoas em Nice.FRANCK FERNANDESundefined

A cidade de Nice, no sul da França, foi alvo de um atentando terrorista na noite desta quinta-feira, dia dos festejos de 14 de julho (festa nacional francesa). Um caminhão atropelou pouco antes das 23h (horário local) uma multidão que estava na Promenade des Anglais, a principal avenida litorânea da cidade, assistido a um espetáculo de fogos de artifício. Dezenas de pessoas morreram atropeladas – 84, segundo o último balanço provisório do Governo – e outras centenas ficaram feridas. O autor do atentado, morto por policiais, é um cidadão francês de origem tunisiana de 31 anos de idade, motorista de caminhão que tinha antecedentes por crimes comuns e violência doméstica, mas não por possíveis ligações com terrorismo, segundo Paris. Que o ato terrorista tenha ocorrido no dia da festa nacional francesa possui um forte simbolismo, já que este 14 de julho se transforma em uma demonstração de unidade ao redor das forças armadas, envolvidas nas frentes do Oriente Médio e da África para lutar contra os jihadistas. “Vamos intensificar nossos ataques na Síria e no Iraque. Vamos perseguir aqueles que nos ameaçam”, disse o presidente François Hollande. O atentado ocorre depois de outros dois massacres que abalaram a França: os atentados contra o semanário satírico Charlie Hebdo e um supermercado de comida judaica, em janeiro de 2015; e o ataque de novembro passado em Paris, no qual morreram 130 pessoas. Hollande anunciou a ampliação por mais três meses do estado de exceção decretado depois do massacre de 13 de novembro.

Felipe Betim
O bebê perdido em Nice que voltou à sua família graças ao Facebook. Leia a sua história aqui: http://cort.as/iz-B
Felipe Betim
Felipe Betim
Desde 2013, a França foi o país europeu mais envolvido no combate ao jihadismo dentro e fora do país. O presidente François Hollande se tornou um chefe militar permanente. http://cort.as/iysa
Felipe Betim
Rodolfo Borges
Atentado em Nice faz Brasil rever plano de segurança para a Olimpíada http://cort.as/iyoW
Rodolfo Borges
Felipe Betim
O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, afirma que "de um modo ou de outro" o terrorista de Nice estava vinculado aos círculos de radicais islâmicos, informa Reuters.
Felipe Betim
Felipe Betim
Segundo a embaixada da França no Brasil, um brasileiro ficou ferido no ataque. O nome dele não foi revelado, nem o seu estado de saúde. Aos menos 10 menores de idade e 13 estrangeiros estão entre os mortos no ataque. http://cort.as/iygf
Felipe Betim
Felipe Betim
10.000 militares patrulhando a França. Hollande manterá 10.000 militares patrulhando a França junto com a Polícia. O reforço na segurança será possível devido à convocação de reservistas, especialmente para substituir os que estão controlando as fronteiras, segundo o presidente.
Felipe Betim
Felipe Betim
A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, disse que a "guerra contra a praga do entreguismo islâmico ainda não começou e que agora é urgente declará-la". Le Pen pediu "mais medidas de prevenção e de repressão, além da total determinação para erradicar esta praga".
Felipe Betim
Felipe Betim
Vídeo mostra como policiais atingem autor do atentado de Nice. Veja aqui: http://cort.as/iyQY
Felipe Betim
Felipe Betim
Policiais franceses abandonam o apartamento do autor do atentado de Nice, na França, após cumprir um mandado de busca. Foto: Jean-Pierre Amet (REUTERS)
Felipe Betim
Felipe Betim
Os ministros das Relações Exteriores dos países-membros da União Europeia vão se reunir na segunda-feira para debater a luta antiterrorista.
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, disse ao canal Globo News que o Governo vai aumentar as medidas de segurança durante as Olimpíadas do Rio, em agosto, após o atentado em Nice.
Felipe Betim
Felipe Betim
As autoridades não tinham indícios de que o autor do ataque estivesse radicalizado. A promotoria francesa ressalta que o suspeito, que estava sozinho a bordo do caminhão de 19 toneladas, não tinha antecedentes por vínculos com o terrorismo.
Felipe Betim
Felipe Betim
A promotoria francesa disse ainda havia dentro do caminhão duas pistolas, uma delas automática, vários carregadores, duas réplicas falsas de kaláshnikov, duas granadas, um celular e vários documentos.
Felipe Betim
Felipe Betim
Autoridades francesas informaram que 10 crianças morreram no atentado em Nice. O número de feridos subiu para 202, sendo que 52 estão em estado grave.
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
Segundo o presidente francês, François Hollande, "50 pessoas estão entre a vida e a morte".
Felipe Betim
Felipe Betim
O ministério da Saúde francês informou que 188 feridos estão internados, 25 deles em estado grave e recebendo cuidados especiais.
Felipe Betim
Felipe Betim
O autor do atentado de Nice foi identificado como Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos, nascido na localidade tunisiana de Msaken, segundo informaram ao EL PAÍS fontes policiais. http://cort.as/iy2S
Felipe Betim

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS