_
_
_
_

O machismo na redação dos jornais, em dez tuítes

Movimento 'Jornalistas contra o Assédio' expõe o machismo que mulheres sofrem no exercício da profissão

Tu suscripción se está usando en otro dispositivo

¿Quieres añadir otro usuario a tu suscripción?

Si continúas leyendo en este dispositivo, no se podrá leer en el otro.

¿Por qué estás viendo esto?

Flecha

Tu suscripción se está usando en otro dispositivo y solo puedes acceder a EL PAÍS desde un dispositivo a la vez.

Si quieres compartir tu cuenta, cambia tu suscripción a la modalidad Premium, así podrás añadir otro usuario. Cada uno accederá con su propia cuenta de email, lo que os permitirá personalizar vuestra experiencia en EL PAÍS.

En el caso de no saber quién está usando tu cuenta, te recomendamos cambiar tu contraseña aquí.

Si decides continuar compartiendo tu cuenta, este mensaje se mostrará en tu dispositivo y en el de la otra persona que está usando tu cuenta de forma indefinida, afectando a tu experiencia de lectura. Puedes consultar aquí los términos y condiciones de la suscripción digital.

A demissão de uma repórter do portal IG pouco depois de ela ter feito uma denúncia de assédio contra o cantor Biel motivou a campanha "Jornalistas contra o Assédio", que relata as situações de machismo vividas no cotidiano de repórteres mulheres, redatoras e assessoras no exercício da profissão. 

De acordo com matérias do próprio portal, Biel chamou a repórter, de 21 anos, de "gostosinha" em uma entrevista e disse que a "quebraria no meio" se eles mantivessem relações sexuais. Ela registrou queixa na Delegacia da Mulher contra ele e o IG prometeu que daria todo apoio à profissional. Mas ela foi dispensada menos de um mês depois de o caso ser denunciado.

Criada na última segunda-feira, a campanha lançou um vídeo com depoimentos de profissionais que já foram vítimas de investidas de cunho sexual e sofreram situações de assédio moral ou foram preteridas por colegas homens por conta do gênero.

Nesta quarta, um tuitaço com a hashtag reuniu mais algumas histórias.Veja algumas delas:

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_