Dois mortos em um tiroteio em uma universidade de Los Angeles

Polícia buscou atirador pelos corredores da UCLA. Ele se suicidou

Forças de segurança na Universidade da Califórnia, em Los Angeles.
Forças de segurança na Universidade da Califórnia, em Los Angeles. ROBYN BECK / AFP

A morte a tiros de duas pessoas, um homicídio e um suicídio, em uma dependência da Universidade de Califórnia em Los Angeles (UCLA), provocou nesta quarta-feira uma fenomenal exibição de forças de segurança no campus de Los Angeles e uma situação de alerta tático em toda a cidade, em tensão depois do ataque de dezembro passado em San Bernardino.

Logo depois do meio dia local, o chefe de policial de Los Angeles, Charlie Beck, informou de que se tratava de um homicídio e de um suicídio, que a situação se encontrava sob controle e que não havia nenhum atirador ativo nas dependências o campus. Não foram reveladas as identidades dos dois homens nem os motivos. O arma foi encontrada junto a eles. “Não existe ameaça”, disse Beck ante uma exibição de segurança que fazia temer pelo pior.

A seleção brasileira de futebol vinha se preparando para a Copa América Centenário no campus da universidade e, por conta do tiroteio, mudou o lugar do treino desta quarta-feira. "Em razão do ocorrido na manhã desta quarta-feira no campus da UCLA, a Seleção Brasileira não treinará na Universidade. A prática comandada pelo técnico Dunga será, mais uma vez, no campo de treinamento do StubHub Center, às 16h", informou a assessoria da confederação.

A polícia respondeu a um telefonema alertando para possíveis disparos no laboratório de engenharia, em uma instalação conhecida como Engenharia IV. A primeira informação sobre a situação foi postada em uma conta de emergências da universidade no Twitter, às 9h50. O que começou com “evitar a área” do edifício foi seguido de uma ordem de permanecer trancado nas classes, de acordo com os protocolos de segurança em tiroteios, e a confirmação de duas vítimas.

O jornal estudantil da UCLA informa, citando a polícia, que o suposto atirador estava de calças e casaco pretos.

Tanto a polícia como a universidade informaram depois das 11 horas que duas pessoas haviam morrido. Os estudantes estavam saindo um a um dos edifícios adjacentes, com as mãos para cima. O FBI participou da ação porque sua equipe de operações especiais tem sede a poucas quadras do campus. A UCLA é praticamente do tamanho de um pequeno vilarejo. O fechamento total do campus afetou o tráfego em todo o oeste da cidade.

Arquivado Em:

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50