EUA emitem alerta sobre viagens à Europa por ‘risco de atentado’

Governo se refere explicitamente a três eventos: a Eurocopa, o Tour de France e a Jornada Mundial da Juventude

Barack Obama e o secretário de Estado, John Kerry;
Barack Obama e o secretário de Estado, John Kerry;J. WATSON (AFP)

O Departamento de Estado dos Estados Unidos emitiu nesta terça-feira um alerta sobre viagens para a Europa por “risco de potenciais ataques terroristas” em “grandes eventos e lugares turísticos” no velho continente. “Como parte dos contínuos esforços do Departamento de Estado para proporcionar informação sobre fatos relevantes aos estadunidenses em suas viagens ao exterior, alertamos para o risco de potenciais ataques terroristas na Europa contra grandes eventos, lugares turísticos, restaurantes, lojas e transportes”, destacou em um comunicado o órgão encarregado das relações exteriores dos EUA.

Mais informações

Washington adverte que “os turistas que em grande número visitam a Europa nos meses de verão serão um dos principais alvos dos terroristas que planejam atentados em lugares públicos, especialmente nos grandes eventos”. De concreto, o Governo norte-americano cita a Eurocopa, que será realizada na França entre 10 de junho e 10 de julho, como “um dos potenciais alvos para os terroristas, assim como outros eventos esportivos em grande escala”, entre os quais o Tour de France, previsto para os dias 2 a 24 de julho.

Também alude a outras concentrações públicas, como a Jornada Mundial da Juventude, que reunirá 2,5 milhões de visitantes em Cracóvia (Polônia) entre 26 e 31 de julho. “Os cidadãos norte-americanos devem saber que a infraestrutura local pode entrar em colapso pelo grande número de visitantes”. O Departamento de Estado recomenda aos estadunidenses se manterem informados sobre a situação na Europa, seguir as instruções das autoridades locais e estarem preparados para maiores controles de segurança.

“As autoridades europeias continuam adotando medidas para garantir a segurança pública e desarticular planos terroristas. Nós seguimos em contato com nossos aliados e continuaremos a compartilhar informações com eles para identificar as ameaças terroristas”, acrescenta. Nos últimos anos a Europa tem sido palco de vários atentados e a França é um de seus epicentros, como no caso do ataque contra o semanário Charlie Hebdo, em janeiro de 2015, e contra vários lugares de lazer na capital francesa – incluindo Saint-Denis, o estádio que receberá a partida inaugural e a final da Eurocopa–, em 13 de novembro do ano passado.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: