Alerta na redação do EL PAÍS em Madri por uma carta com substância suspeita

Trabalho prossegue com normalidade em outras áreas do edifício enquanto a polícia analisa o conteúdo

Funcionários do EL PAÍS, durante o processo de desinfecção.
Funcionários do EL PAÍS, durante o processo de desinfecção.LUIS MAGÁN

O envio de um envelope com uma substância suspeita à sede central do jornal EL PAÍS em Madri obrigou ao esvaziamento de um andar da redação e também levou a polícia e os serviços de emergência da cidade a ativarem o protocolo NRBQ (nuclear, radiológico, bacteriológico e químico).

Mais informações

Dezenas de policiais, assim como membros do corpo de bombeiros, tomaram medidas para garantir a segurança do edifício e descontaminaram os trabalhadores do jornal que estiveram no segundo andar do prédio principal. O conteúdo do envelope está sendo analisado. Enquanto isso, o trabalho prossegue com normalidade em outras áreas do complexo do jornal, sem mais desdobramentos.

A correspondência chegou à redação do jornal às três da tarde (horário local) desta sexta-feira. Depois de passar pelo escaneamento da segurança sem que nada de anormal fosse detectado, o envelope foi aberto por uma funcionária, que constatou o desprendimento de uma substância suspeita. Ela mesma deu o alerta e o caso foi levado ao conhecimento da polícia, que enviou várias unidades.

A funcionária e outra pessoa que estiveram em contato com o envelope foram imediatamente isolados. A polícia fechou as saídas do segundo andar e inicialmente pediu à centena de trabalhadores presentes que não o abandonassem.

Os agentes decidiram então ativar um de seus protocolos NRBQ. Agentes sanitários com proteção química e bacteriológica passaram à desinfecção dos empregados do jornal, que tiveram de pisar em sacos impregnados de água sanitária e lavar as mãos com um produto desinfetante. Depois puderam deixar as instalações.

Os trabalhos para manter o site do EL PAÍS e produzir a edição de sábado do jornal foram transferidos para outros andares do prédio, onde se desenvolvem com normalidade enquanto a polícia e os serviços de emergência concluem as inspeções. O deslocamento do contingente policial foi necessário, segundo disseram os agentes, por questões preventivas e porque a Espanha se encontra no nível 4 de alerta terrorista.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50